Arquivo do mês: abril 2011

Chalé da Praça XV

Porto Alegre também tem pontos turísticos no centro.

O Chalé da Praça XV voltou a brilhar. O ambiente é impecável, com uma bem arquitetada ampliação, que proporcionou um amplo salão envidraçado. Aquela combinação mágica entre a tradição e a modernidade está atraindo novos frequentadores e também os antigos militantes que andavam desgarrados em mesas distantes.

O Chalé da Praça XV, ocupa um lugar importante na vida e na memória de Porto Alegre, desde o Século 19. No ano de 1880, a municipalidade colocou em prática um grande plano de “urbanização, ajardinamento e embelezamento” do que hoje é a Praça XV, para transformá-la “numa praça digna desse nome”. A boa notícia é que o verão de 2011 pode ser para o Chalé a reiteração daqueles significados longínquos de 1880: tudo que se pretendia naqueles primórdios, e foi gasto pelo tempo, agora se recupera, graças ao esforço comum de autoridades públicas (que oferecem o sentido prático de empreendedores privados) e de empresários (que retribuem com a visão social que se espera de servidores públicos).

A parte interna toda remodelada e muito acolhedora.

Vale a pena marcar com os amigos um happy hours !!!!

Olhem que vista bonita do andar de cima  do chalé: o Mercado  Público, outro ponto turístico do nosso centro.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Novidades

Salmão de preguiçoso!!!!

Hoje vou fazer para janta esta receita, que o nome já diz tudo!!!!

Este é um salmão de preguiçoso, pois o único trabalho que temos é picar os legumes , embrulhá-lo  no papel alumínio e colocar no forno. O interessante é que na verdade a forma de fazer é que deixa ele bem molhado, pois normalmente o salmão fica meio ressecado.  Quanto aos ingredientes, você pode colocar e tirar alguns que não haverá problema, ai vai do gosto de cada um.

Ingredientes:

1 File de Salmão (+-700 g)

1 Tomate picado

2 Cebolas

100 g de champignos/alcaparras

½ Pimentão verde

¼ tablete de Manteiga

azeite

Modo de fazer

Unte uma assadeira com azeite e faça uma cama com uma cebola cortada em rodelas. Tempere o salmão com sal e pimenta do reino e besunte com a manteiga. Arrume o salmão por cima da cama de cebola. Pique a outra cebola e o tomate, e misture os dois. Coloque por cima do salmão, junte os pimentões em tirinhas e o champignon fatiado. Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré aquecido por cerca de 20 minutos. Retire o papel alumínio e coloque de volta ao forno por mais 5 minutos com ele aberto.

Sirva acompanhado com batatas souté.

Bom apetite!!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Restaurantes, Salgados

Mercado Público de São Paulo

O Mercado Municipal de São Paulo – ou Mercadão, para os mais íntimos – em pouca coisa lembra o antigo mercado público de suas origens, não pela arquitetura, mas pelo tipo de serviço prestado.Quando foi inaugurado, o Mercado Municipal tinha outra proposta: abastecer o comércio com carnes, pescados, frutas e verduras. Hoje, o Mercadão é parada obrigatória para quem circula pela região central e se consolidou como área gourmet tanto para quem quer desfrutar o pastel de bacalhau e o sanduíche de mortadela como para quem pretende preparar algum prato especial em casa e precisa de matéria-prima.
Acabei de chegar de lá. Aproveitei que o dia está lindo e fui as compras. 

 Deem uma olhadinha nas fotos!!!!

Olhem, se não é um colírio para os olhos!!!!

Esta parte é o mezanino, aonde ficam os restaurantes mais “sofisticados”.

Para finalizar não pude deixar de provar o famoso sanduiche de mortadela!!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Aperitivos, Doces, Novidades, Restaurantes, Salgados, Sem categoria

Creme de Aspargos

Como hoje choveu o dia todo e continua agora a noite, resolvi fazer estre creme bem rapidinho.

Ingredientes

6 aspargos frescos
1/4 de cebola
1 dente de alho
1 colher (sopa) de manteiga
2 xícaras (chá) de água
1/2 xícara (chá) de creme de leite fresco
azeite de oliva a gosto
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

1. Com uma faca, corte as partes mais duras e brancas dos talos dos aspargos e despreze. Corte as pontas de dois aspargos e reserve para enfeitar a sopa. O restante dos talos fatie em rodelas médias.

2. Numa tábua, descasque e pique o alho e a cebola. Não deixe que os cubinhos de alho se misturem com os de cebola, pois eles serão refogados separadamente, para que o alho não queime e amargue.

3. Leve uma panelinha ao fogo para aquecer. Junte a manteiga e, quando derreter, coloque a cebola picada e refogue, mexendo com uma colher. Quando ficar transparente, adicione o alho picado e mexa bem por 1 minuto.

4. Acrescente as rodelas de aspargos e deixe cozinhar por 3 minutos, mexendo de vez em quando.

5. Junte a água, tempere com sal e pimenta-do-reino e deixe cozinhar por 8 minutos.

6. Na própria panela, ou no copo do mixer, com cuidado para não se queimar, bata a sopa (com o mixer), até que fique lisa. Se preferir, deixe esfriar um pouco, transfira para o liquidificador, coloque um pano de prato dobrado sobre a tampa, segure firme e bata até que fique lisa.

7. Junte o creme de leite fresco à sopa, misture bem e deixe cozinhar por mais 1 minuto. Verifique o sabor; se precisar, corrija com sal e pimenta-do-reino. Um fio de azeite também vai bem. Transfira para um prato de sopa ou tigela e decore com as pontas de aspargos reservadas.

Este creme fica ótimo com croutons.

Bom apetite!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Salgados

Passeando em Sampa

Hoje resolvi  passear no centro!!!!

Este é o prédio do Banespa.Lindo!!!!

No centro até a banca de revista é antiga e charmosa!!!!!

Famosa galeria do Rock (cenário de novela da Globo)

Esta esquina é famosa!!!!

Vista muito bonita do Terraço Itália. Reparem o prédio com a cobertura toda arborizada.

Pena que o dia estava nublado.

Outro dia coloco mais fotos.

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas

Pãozinho de Pessach

Ontem resolvi fazer este pãezinhos para comer junto com a sopa de kneidlach.

Deixe um comentário

Arquivado em Pães

Dica de local para visitar (comer e comprar) em Sampa

Geente!!!!!!!!Esta lojinha, armazém, restaurante  é tudo de bom. Vale a pena visitar, sem contar o bairro que ela está localizada “Vila Madalena” já diz tudo.

Olhem o que tem por lá…..

Querem conhecer mais ? Vai  aí o endereço então do “paraíso!

Rua Harmonia 161 /Vila Madalena

Ou visitem o blog que está no meu site ou a página www.ladavenda.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Aperitivos, Confeitarias, Doces, Midia, Novidades, Restaurantes, Salgados, Sem categoria

Horta caseira!!!

Hoje o dia está feio aqui em Sampa, resolvi então aumentar minha horta caseira.

Já tenho em casa salsinha,manjericão, hortelã e alecrim.Agora irei plantar tomates e pimentas.

Achei este passo a passo no site do UOL , e gostaria de compartilhar com voces, pois é muito fácil .

Segue abaixo o material necessário:

. Tutor (este foi feito com vara de pescar e arame) para a planta se apoiar quando crescer
. Manta bidim
. Vaso (80 cm x 50 cm)
. Terra adubada
. Pá
. Mudas de tomatinhos
. Mudas de pimentinha (para completar o vaso)

É importante que o vaso tenha pelo menos um furo para a drenagem da água e que fique em local ensolarado.

Passo a passo:

1-Coloque a manta bidim sobre o furo.

2-Despeje a terra no vaso.(deixe um pouco de terra para o final, após colocar o tutor).

3-Se a terra estiver empedrada, desfaça as bolinhas para que a planta possa se desenvolver bem.

4-Enterre o tutor no vaso.

5-Complete o vaso com terra.

6-Tire a muda do vasinho com cuidado para que o torrão não se desfaça.

7-Cave o buraco para colocar a muda  e aperte um pouco a terra em torno da muda, para compactar o material.

8-Faça os outros buracos para as demais mudas de tomatinho. Para este vaso, de 80 cm de largura por 50 cm de altura, o paisagista Ricardo Pinto colocou quatro mudas.

9-Agora abra as cavidades na periferia do vaso para as mudas de pimentinha, que foram incluídas para complementar a horta.

Depois de plantada, feche o buraco, repetindo o processo para as demais mudas de pimenta.

11-Seu vaso está pronto. Agora basta regar entre três e quatro vezes por semana, sempre nas primeiras horas do dia. Quando a planta começar a crescer, enrosque-a no tutor para que ela se desenvolva sobre ele. Se quiser, amarre-a com cuidado, mas não é obrigatório.

O tomateiro começa a brotar em torno de um mês e, com entre 60 a 80 dias, vai dar os primeiros frutos.

Tomates crescendo!!!!!

Olhem que lindo vai ficar depois que crescerem os tomatinhos!!!!!Agora é só colher e comer!!!!Bom apetite!!!!

3 Comentários

Arquivado em Sem categoria

Beolas (bolinhos de matzá) para Pessach (Páscoa Judaica)

 

Estes eu fiz para tomar com cafezinho, mas pode ser também com chá.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Kneidlach

Minha “sopa de bolinhas” para Pessach ( meus filhos quando pequenos não conseguiam pronunciar o nome certo)

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria