Arquivo do dia: 28/07/2011

Pagina nova no blog!!!

Hoje inclui no blog uma página de receitas vegano. Não sou adepta desse tipo de alimentação, mas como apoio todo tipo de comida saudável resolvi criar esta página.

Também quero fazer um pequeno “agrado” a minha sobrinha Manoela que se tornou adepta a este tipo de  alimentação.

Espero que todos gostem e aproveitem, pois independente da alimentação que seguimos as receitas são fáceis e muito gostosas.

Para quem nao conhece bem este tipo de alimentação vou colocar alguns tópicos abaixo para melhor esclarecer.

A alimentação vegan não precisa ser sem graça.

Os vegans comem todos os tipos de alimentos de origem não-animal, como grãos, legumes, leguminosas, verduras, cogumelos, frutos secos, sementes e frutas. Vegans não comem nenhum produto de origem animal: carnes, ovos, lacticínios e seus derivados. É possível substituir todos os elementos do cardápio diário por substâncias vegetais.

Encontrar alimentos vegan está cada dias mais fácil. Hoje existe uma grande oferta de produtos de soja que são ótimas alternativas, como chocolates, leites, sorvetes e etc… Também encontramos produtos como hambúrgueres e salsichas vegetais. Hoje também temos uma grande variedade de lojas de produtos naturais onde podemos encontrar tudo que precisamos para termos uma alimentação saudável e sem crueldade com animais.

Existem inúmeras vantagens na alimentação vegan, que é capaz de retirar gorduras e contaminantes do corpo, além de diminuir a predisposição às doenças como a diabete, a arteriosclerose, a osteoporose e o câncer, segundo especialistas.

A palavra “vegan” vem originalmente da palavra “vegetarian” ou “vegetariano” em 1944, quando Elsie Shrigley e Donald Watson fundaram a UK Vegan Society por estarem frustrados pelo fato do vegetarianismo ter incluído na dieta laticínios.

O veganismo é uma filosofia ou um estilo de vida que visa excluir toda forma de exploração e crueldade com animais. Existem alguns motivos para a escolha deste estilo de vida, seja por compaixão pelos animais, preocupação com o meio-ambiente ou para levar uma vida mais saudável. Dessa forma, os vegans, além de não ingerir nenhum produto de origem animal, como carnes, ovos, leite e seus derivados, também optam por não consumir outros produtos como couro, lã, peles animais, marfim e produtos e cosméticos testados em animais.

Apesar da crença de que o consumo de laticínios e ovos não mata os animais, vacas e galinhas que são criadas para a produção de leite e ovos são abatidas quando não estão mais “produzindo” bem. Além disso, estes animais vivem em condições precárias e cruéis.

Em breve, incluirei mais informações úteis na página. Aguarde!

3 Comentários

Arquivado em Sem categoria

Travessa de brigadeiro

 

Ingredientes do recheio:

1/a xícara (chá) de rum

1/2 xícara(chá) de água

1 colher (sopa) de açúcar

1/2 pacote de biscoito champanhe (90g)

raspas de chocolate para decorar

Ingredientes do brigadeiro de chocolate:

2 latas de leite condensado

6 colheres (sopa) de chocolate em pó

2 colheres(sopa)de margarina sem sal

Ingredientes do brigadeiro branco:

2 latas de leite condensado

2 colheres (sopa)de margarina sem sal

3 colheres(sopa0de leite em pó

Modo de preparo:

Em uma panela, leve os ingredientes do brigadeiro de chocolate ao fogo médio,mexendo sempre,até começar a soltar do fundo da panela. Retire do fogo e coloque em um refratário retangular pequeno. Reserve.

Em uma tigela,misture o rum, a água e o açúcar e umedeça os biscoitos nesta mistura.Distribua os biscoitos sobre o brigadeiro que está no refratário.

Em uma panela ,leve ao fogo médio os ingredientes do brigadeiro branco, mexendo sempre,até começar a soltar o fundo da panela.Despeje sobre os biscoitos.

Leve à geladeira por 4 horas, decore com raspas de chocolate e sirva em seguida.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Confeitarias, Doces

10 alimentos para vivermos mais.

AVEIA

Ajuda a diminuir o colesterol ruim, o LDL. Ganhou o selo de redutor do risco de doenças cardíacas da FDA, agência americana de controle de alimentos e remédios.

Quantidade recomendada: 40 gramas por dia de farelo ou 60 gramas da farinha.
ALHO

Reduz a pressão arterial e protege o coração ao diminuir a taxa de colesterol ruim e aumentar os níveis do colesterol bom, o HDL. Pesquisas indicam que pode ajudar na prevenção de tumores malignos.

Quantidade recomendada: um dente por dia (para diminuir o colesterol e a pressão arterial).
AZEITE DE OLIVA

Auxilia na redução do LDL. Sua ingestão no lugar de margarina ou manteiga pode reduzir em até 40% o risco de doenças do coração.

Quantidade recomendada: 15 mililitros por dia ou uma colher (de sopa rasa).
CASTANHA-DO-PARÁ

Assim como noz, pistache e amêndoa, auxilia na prevenção de problemas cardíacos. Também ganhou o selo de redutora de doenças cardiovasculares da FDA.

Quantidade recomendada: 30 gramas por dia ou de cinco a seis unidades.
CHÁ VERDE

Auxilia na prevenção de tumores malignos. Estudos indicam ainda que pode diminuir as doenças do coração, prevenir pedras nos rins e auxiliar no tratamento da obesidade.

Quantidade recomendada: de quatro a seis xícaras por dia (para reduzir os riscos de gastrite e câncer no esôfago).
MAÇÃ

Ajuda a prevenir tumores malignos, diz o médico Michael Roizen. O consumo regular de frutas variadas auxilia na redução de doenças cardíacas e da pressão sangüínea, além de evitar doenças oculares como catarata.

Quantidade recomendada: cinco porções de frutas por dia.
PEIXES

Os peixes ricos em ômega 3, como a sardinha, o bacalhau e o salmão, são poderosos aliados na prevenção de infartos e derrames. Estudos indicam também que reduzem dores de artrite, melhoram a depressão e protegem o cérebro contra doenças como o mal de Alzheimer.

Quantidade recomendada: pelo menos 180 gramas por semana (para reduzir o risco de doenças cardiovasculares).
SOJA

Ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, segundo a FDA. Seu consumo regular pode diminuir os níveis de colesterol ruim em mais de 10%. Há indicações de que também ajuda a amenizar os incômodos da menopausa e a prevenir o câncer de mama e de cólon.

Quantidade recomendada: 150 gramas de grão de soja por dia, o equivalente a uma xícara de chá (para reduzir o colesterol).
TOMATE

Auxilia na prevenção do câncer de próstata.

Quantidade recomendada: uma colher e meia (sopa) de molho de tomate por dia.
VINHO TINTO

A uva vermelha, presente no vinho ou no suco, ajuda a aumentar o colesterol bom e evita o acúmulo de gordura nas artérias, prevenindo doenças do coração.

Quantidade recomendada: dois copos de suco de uva ou uma taça de vinho tinto por dia.

* As quantidades de alimentos indicadas se referem apenas à prevenção das doenças especificadas. A dosagem ideal para o combate das demais ainda não foi identificada pelos pesquisadores.

Deixe um comentário

Arquivado em Novidades

Alimentos integrais

O consumo de alimentos integrais tem sido incentivado devido às vantagens nutricionais que apresentam. Substituir os alimentos processados pelos equivalentes integrais é uma recomendação comum para uma nutrição saudável, pois possibilita melhor aproveitamento dos nutrientes que são preservados quando o processo de refino não é aplicado.

A inclusão de alimentos integrais em planos alimentares para redução de peso, também é importante, principalmente pela retenção do conteúdo de fibras que, entre outros benefícios, prolongam a saciedade, reduzindo a fome e conseqüentemente, a quantidade de alimentos ingerida.

Os alimentos integrais podem ser definidos como aqueles cuja estrutura não foi alterada, mantendo a integridade de seus nutrientes sem perda de valores qualitativos e quantitativos.

Sendo assim, os alimentos integrais são mais nutritivos do que os refinados, na medida em que contêm maior quantidade de fibras, vitaminas e minerais, retida nas estruturas removidas com a refinação.

Os cereais são os principais representantes dos alimentos integrais. Veja abaixo alguns exemplos de alimentos integrais com suas respectivas características nutricionais.

Arroz integral

O grão de arroz é constituído de casca, película, germe e endosperma. As vitaminas e os minerais estão concentrados na película e no germe. O processo de refinação para a produção do arroz branco convencional remove essas estruturas do grão, restando apenas o endosperma, que contém basicamente amido. Por isso, recomenda-se o consumo de arroz integral, ao invés de arroz refinado.

Açúcar Mascavo

É o açúcar que não sofreu processo de branqueamento com a adição de produtos químicos, sendo obtido diretamente da cana-de-açúcar. Por isso, os sais minerais e vitaminas, naturalmente presentes no vegetal, são conservados. Apresenta somente a desvantagem da coloração escura.

Sal marinho

Produto obtido pela desidratação da água do mar, sendo apenas moído e acrescido iodo, não passando por nenhum processo industrial. Contém minerais e pode ser utilizado como o sal comum.
Farinha de trigo integral

A farinha integral é obtida da moagem dos grãos de trigo, contendo alto teor
de fibra. Substitui a farinha branca
no preparo de bolos, pães, macarrão, bolinhos, cremes, biscoitos, tortas, tornando a receita mais nutritiva.

Cereais matinais

São constituídos por um ou vários cereais misturados. Os mais freqüentes são: aveia em flocos, farelo de trigo, farelo de aveia, flocos de arroz, flocos de milho. Em geral, contêm também frutas secas (uva passa, maçã desidratada) e oleaginosas (castanha, amêndoa). Podem ser consumidos no café-da-manhã ou no lanche, acompanhados de leite, iogurte, salada de frutas.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria