Arquivo do dia: 03/01/2014

10 passos para manter o corpo em forma

A seguir, confira as dicas da nutricionista Marina Azambuja Amaral, da Cia Athletica. 

1 – Acrescente mais fibras à alimentação – Elas colaboram com a digestão e auxiliam a manter a saciedade e os níveis glicêmicos por mais tempo. Estão presentes em grãos (centeio, cevada, linhaça, chia, trigo, amaranto), frutas, verduras e leguminosas (feijões, ervilha, grão-de-bico). É fundamental ingerir juntamente com água. Mas não exagere. Em excesso podem causar desconforto abdominal pelo excesso de gases.

002c5430
Foto: Jucimar Milesi

2 – Não beba uma grande quantidade de líquido durante a refeição – Além de dilatar o estômago, pode interferir na acidez, prejudicar a absorção de nutrientes e aumentar o risco de fermentação e produção de gases.

3 – Tenha uma alimentação variada – Quanto mais colorida ela for, mais completa em relação à qualidade nutricional será.

4 – Prefira ingerir saladas cruas – O cozimento excessivo pode causar perda de vitaminas e desnaturar algumas estruturas como as fibras e proteínas.

0053a953
Foto: Peter Michel

5 – Alimente-se mais vezes durante o dia – O famoso comer de três em três horas ajuda a diminuir o tamanho das porções que você normalmente ingere, proporcionará maior saciedade, contribuindo para acelerar o metabolismo.

6 – Evite o consumo excessivo de alimentos industrializados – Devido ao elevado teor de sódio, vilão da hipertensão, pois provoca retenção de líquidos. Além de sódio em excesso, os industrializados possuem quantidades elevadas de corantes e conservantes artificiais.

7 – Beba chá – Além de auxiliar na digestão e ter efeito diurético, algumas variedades como o chá verde e o chá de hibisco, são coadjuvantes na queima de gordura corporal.

00029658

8 – Carboidratos são fundamentais – Devemos cuidar o que e quando comer. Evite o consumo elevado de carboidratos, principalmente simples (pães, massas, biscoitos, bolos, arroz branco, batata) após as 19h, pois ao longo do dia o metabolismo é desacelerado, propiciando ao maior armazenamento de gordura.

9 – Não fuja dos exercícios físicos, especialmente dos aeróbicos – Além de aliviarem o estresse do dia-a-dia, auxiliam na tonificação muscular, aceleração do metabolismo, queima de gordura e liberação de endorfina, o hormônio que promove prazer e bem-estar!

10 – Hidrate-se muito – Ingira pelo menos 2 litros de água por dia. A hidratação adequada, além de equilibrar o funcionamento de todos os sistemas corporais, auxilia na redução de celulite e beleza da pele. Água de coco natural também é uma excelente fonte de hidratação!

007b1678

Fonte: blog Barra de Cereal, do clicrbs.com

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Midia, Novidades

Quiche de mussarela de búfula com tomates e manjericão

Sabe aquela quiche levíssima, de massa delicada e quebradiça, que não pesa no estômago e dá vontade de comer inteiraquiche

Ingredientes para a massa
200 gramas Farinha de trigo
100 gramas Manteiga sem sal
1 colher de café rasa de sal
água gelada

Ingredientes para o recheio
100 gramas de mussarela de búfala
40 gramas de tomate sweet grape
Manjericão à gosto
3 ovos
300 ml de creme de leite fresco
noz moscada
Pimenta-do-reino
Sal

Como fazer
Em uma tigela, picar em cubinhos a manteiga gelada, colocar a farinha e o sal. Com as pontas dos dedos esfregar a manteiga na farinha até se transformar em uma farofa, acrescentar aos poucos a água gelada e agrupar a massa sem sovar. Embrulhar no filme plástico e deixar na geladeira por 20 minuntos.
Abrir a massa na forma (média) e levar à geladeira por mais 20 minutos. Cobrir a massa com papel manteiga e colocar grãos de feijão ou soja (o que tiver em casa) para dar peso e a massa não encolher. Levar ao forno pré aquecido à 180º por 15 min, tirar os grãos e deixar mais uns 3 à 4 minutos para finalizar.
Massa assada e fria, distribuir a mussarela de búfala e as folhinhas de manjericão, despejar a mistura de creme de leite, ovos, noz moscada pimenta do reino e sal. Salpicar queijo parmesão e distribuir os tomates cortados ao meio, levar ao forno à 180º por 20 à 30 min ou até dourar.

Fonte:http://gastrolandia.uol.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Salgados

Cebola Empanada tipo Outback

cebola-empanada-tipo-outback-f8-16994

Ingredientes

  • 02 cebolas grandes:
  • 1 xícara de farinha de rosca
  • 1 xícara de leite
  • 1 1/2 colher (chá) de sal
  • 1 1/2 colher (chá) de pimenta caiene
  • 1/2 colher (chá) de pimenta do reino
  • 1/4 colher (chá) de tomilho
  • 1 ovo batido

Modo de preparo

Coloque a cebola “em pé” e faça vários cortes verticais, um ao lado do outro, tomando o cuidado de não cortar até o final. Coloque em uma vazilha com água gelada e leve à geladeira, por mais ou menos 2 horas, até que as pétalas se abram (como uma flor).
Em seguida, retire e ponha para escorrer, de cabeça para baixo.
Misture os ingredientes secos e reserve.
Junte o leite com o ovo batido e coloque numa vazilha mais funda (que caiba a cebola).

Cubra a cebola com a mistura de farinha; retire o excesso.
Cubra a cebola com a mistura de leite; retire o excesso.
Cubra a cebola com a mistura de farinha; retire o excesso.
Torne a levar a cebola à geladeira por 15 minutos para que endureça e a casca não saia durante a fritura.

Frite em óleo bem quente por 10 minutos e coloque em papel toalha.

Fonte:http://cybercook.terra.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Aperitivos, Salgados

OS RESTAURANTES QUE SÃO O MELHOR DESTA TEMPORADA

Dica  de restaurantes brasileiros à beira mar. Para quem esta viajando por este Brasil!!!!!

FLORIANÓPOLIS
Ponto G Gastronomia

ponto-g-ambiente
Reza a lenda que nem todo mundo sabe onde fica o Ponto G. Para que não pairem dúvidas, o Ponto G não apenas existe como ainda oferece vista para o mar – ao menos na versão criada por Vitor Riso, um manezinho da Ilha que se tornou o mais premiado chef de Floripa. Depois do sucesso do seu Ponto G Brasa & Fogão, no bairro de Santo Antonio de Lisboa, ele resolveu transformar sua própria casa, que fica na mesma região, em um novo restaurante, o Ponto G Gastronomia, que, se perde em tamanho para o irmão mais velho, ganha em charme e aconchego.
Mais intimista, a casa, uma construção elegante projetada pelo arquiteto Rico Mendonça, abre de quarta a sábado para grupos de até 40 pessoas e mediante reserva. Mas a perseverança vale a pena não só pelo cardápio, baseado em culinária brasileira, peixes e frutos do mar, mas pela bela vista dos barcos e gaivotas e a incansável simpatia do chef. Riso recepciona os clientes e fala dos detalhes de cada prato. Chegue um pouco antes das 19h para um drinque recostado nas almofadas coloridas dos bancos da varanda. Preste atenção nos temperinhos das carnes – são todos plantados ali mesmo, no quintal da casa.
Rua Padre Rohr, 1717, Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis  |  Tel.: (48) 8815-0608

————————————————————————————————————-

RIO DE JANEIRO
Volta

rio
Localizado em um charmoso sobrado aos pés do Jardim Botânico, o recém- inaugurado Volta tem como proposta a cozinha tradicional dos nossos avós – ou pais, dependendo da sua idade. A decoração conta com piso de madeira bicolor, mesas e cadeiras de brechós e luminárias produzidas com canecas e pratos de metal. Completam a decoração pratos espalhados pelas paredes e antigas latas de leite condensado, sorvetes e goiabada cascão em um aparador. O chef Fernando Pavan (ex-assistente de Ana Luiza Trajano no premiado Brasil a Gosto, em São Paulo) desenvolveu o cardápio a partir de antigos livros de receitas e de suas memórias afetivas, como a carne assada com aipim, batata-baroa e queijo coalho ou a arraia acompanhada de lentilha e cebola crocante. A regra aqui é a confort food, portanto não espere nenhuma invenção. Do bar saem clássicos da coquetelaria e também sete criações exclusivas de Jean Ponce, ex-barman do D.O.M. Experimente a Bulhufas, que leva cachaça orgânica, infusão de beterraba, limão e brut mais folhas de manjericão. Dos mesmos donos do bar de tapas Venga!, o Volta deve repetir o sucesso do seu irmão espanhol no verão carioca.
Rua Visconde de Carandaí, 5, Jardim Botânico, Rio de Janeiro  |  Tel.: (21) 3204-5406

——————————————————————————————————————

MACEIÓ
Espaço Gourmet Vera Moreira

blog-jonatas-1-600x400

Jonatas Moreira cresceu brincando entre panelas e temperos dos pais, os também chefs baianos Vera e Osvaldo, donos do restaurante Akuaba, na Praia de Guaxuma. Aos 18 anos, partiu para uma temporada de quatro anos na França, entre estudos no Instituto Paul Bocuse e estágios em restaurantes estrelados. Quando voltou, abriu o Espaço Vera Moreira, instalado dentro do Akuaba.
No Vera Moreira, aberto só para jantar nas noites de quinta e sexta, Jonatas criou as condições para exercitar uma cozinha autoral em que os destaques são o stinco de cordeiro, o confit de pato ao molho de uva e a degustação de frutos do mar. A cozinha em estilo americano permite a apenas 30 felizardos por jantar acompanhar o chef em ação: Jonatas prepara, à vista de todos, os pratos que acabam de ser pedidos. Aproveite com uma taça do vinho branco gelado e aquela brisa morna. Mas não se esqueça que estamos em Maceió e o chef promete compreender se você trocar o vinho por uma bela rodada de chope bem gelado, claro.
Rua Ferroviário Manoel Gonçalves Filho, 6, Mangabeiras, Maceió  |  Tel: (82) 3325

———————————————————————————————————–

SÃO PAULO
Megusta ceviche e pisco

sp

Depois de desenhar uma Tailândia moderna no mapa gastronômico de São Paulo com o Marakuthai, a chef Renata Vanzetto, de 25 anos, agora levou a gastronomia do Peru para a ensolarada Ilhabela. Com jeitão de boteco, o MeGusta Ceviche e Pisco já lidera as apostas de mais concorrido point de verão da ilha. A começar pelo inusitado da sua arquitetura – um casebre com tijolos aparentes e chão de ladrilhos. As mesas são simples e as cadeiras poderiam estar em qualquer botequim de calçada – nada mais cool e despojado em se tratando de verão e de ceviches. O ambiente ficou com o jeitão e as cores de Cusco. A casa abre a partir do happy hour com uma irresistível oferta de piscos, em sangrias e mojitos. Os ceviches surgem em oito versões, das quais a mais pedida é a da chef, que combina vieiras com peixe branco e leite de coco marinados em limão, cebola roxa, coentro e pimenta vermelha. Na versão dos naturebas, e a ilha é o paraíso deles, os peixes são substituídos por palmito pupunha. Não gosta de peixe cru? Sem problemas: encoste no balcão revestido de pastilhinhas coloridas e peça uma porção de coxinhas de frango caramelizadas com mel e leite de coco.
Av. Pedro Paulo de Moraes, 690, Centro, Ilhabela  |  Tel.: (12) 3896-1328

—————————————————————————————————-

NATAL
Liquid Lounge

natal

Lounge fica em Petrópolis, bairro nobre famoso por suas avenidas largas e projeto arquitetônico assinado pelo grego Giácomo Palumbo. O espaço une boa gastronomia com música. Nas noites de quinta a sábado, as batidas eletrônicas atraem gente bonita e bronzeada. Os drinques levam os nomes dos sete pecados capitais. O cardápio do chef Altemar Cardoso promove uma convivência pacífica entre as cozinhas regional, internacional e até molecular. O primeiro ambiente do Liquid é um american bar com poltronas e sofás em tons de marrom e um balcão estofado. No salão principal, alguns desenhos nas paredes azuis e a vista parcial da adega em que 1,5 mil garrafas repousam atrás de portas de vidros e dão um toque de frescor. Há ainda, para quem deseja privacidade total na hora de experimentar as vieiras, o pernil de cordeiro cozido durante 12 horas ou ainda o mil folhas de cocada mole, uma sala privê para oito pessoas, com um colorido orquidário em uma das paredes, na qual até os garçons só podem entrar quando chamados por um sinal eletrônico.
Av. Afonso Pena, 395, Petrópolis, Natal  |  Tel.: (84) 2010-3399

Fonte: http://gq.globo.com

3 Comentários

Arquivado em Doces, Novidades, Restaurantes, Salgados