Arquivo do mês: dezembro 2019

Arroz à grega

1arroz-a-grega-com-tenderdiv

Ingredientes
Arroz

1 colher (sopa) óleo;
1 dente de alho picado;
3 xícaras (chá) de arroz;
6 xícaras (chá) de água fervente;
2 colheres (chá) de sal.
Refogado
2 colheres (sopa) de azeite de oliva;
1 cebola média picada;
1 cenoura pequena cortada em cubos pequenos;
1 pimentão vermelho cortado em cubos pequenos;
1 pimentão amarelo cortado em cubos pequenos;
1 pimentão verde cortado em cubos pequenos;
2 xícaras (chá) de tender cozido e cortado em cubos pequenos;
1/2 xícara (chá) de uvas passas pretas

Modo de preparo
1. 
Para o arroz, em uma panela, aqueça em fogo médio o óleo e refogue o alho.
2. Junte o arroz e refogue por alguns minutos. Acrescente a água e o sal.
3. Tampe parcialmente a panela e cozinhe por 10 a 15 minutos ou até o liquido secar e os grãos ficarem cozidos.
4. Desligue o fogo, tampe a panela e reserve.
5. Para o refogado, em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e refogue a cebola e a cenoura até ficar macia.
6. Junte os pimentões e o tender, refogue por mais alguns minutos.
7. Acrescente o arroz cozido ao refogado e as uvas passas. Misture bem e sirva em seguida.

Fonte:https://revistacasaejardim.globo.com/

Deixe um comentário

Arquivado em Acompanhamentos, Arroz, Salgados

Quiche integral de espinafre e tomates

quiche integral

Ingredientes para massa

1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
meia xícara (chá) de aveia flocos finos
meia colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de azeite
meia xícara (chá) de leite zero lactose
meia colher (chá) de fermento em pó
Ingredientes para o recheio
4 ovos
meia cebola em fatias
1 e meia xícara (chá) de espinafre picado
meia xícara (chá) de tomates-cereja ao meio
1 colher (chá) de sal
1 pitada de pimenta-do-reino
1 pitada de noz-moscada
1 caixinha de creme de leite zero lactose
Modo de preparo
Massa:
Em um recipiente, misture todos os ingredientes até obter uma massa lisa. Forre o fundo e as laterais de uma forma retangular (10 x 34 cm) e leve para assar em forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 15 minutos. Reserve.
Recheio:
Em um recipiente, misture todos os ingredientes. Recheie a massa reservada e retorne ao forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos, ou até que o recheio esteja firme e dourado. Sirva.

Deixe um comentário

Arquivado em Acompanhamentos, Quiches, Salgados

14 idéias para decorar a mesa de natal

Toalhas e guardanapos diferenciados, delicados objetos, velas, enfeites em tonalidades coloridas misturando dourado ou prateado e muita imaginação para criar pratos temáticos que deixam a ceia de Natal ainda mais linda e especial. Neste momento, qualquer detalhe revela todo o cuidado que o anfitrião do jantar teve para recepcionar seus convidados.

1. Vermelho e dourado são sempre bem-vindos.

1

2. Mas o azul e o prateado também combinam superbem.

2

3. Velas e louças brancas deixam a composição da mesa clean; porém encantadora.

3

4. Os detalhes nos pratos podem ser mais rebuscados, com laços e enfeites natalinos…

4

5. Ou algo simples com mensagens de Boas Festas.

5

6. De entrada, algumas bebidas como este vinho com canela, laranja e anis estrelado tem tudo a ver com o Natal.

6

7. Como aperitivo, aposte nos montaditos ou nas bruschettas, só que com um diferencial: corte o pão em formato de estrela.

7

8. Pratos que remetam aos símbolos da época, como uma árvore de Natal montada com queijos e uvas, farão sucesso nas fotos e frente aos convidados…

8

9. Ou, ainda, uma apresentação com cara de Papai Noel. A montagem pode ser feita com arroz, batata palha e strogonoff ou tomate picado.

9

10. As frutas não podem faltar. Elas ficam lindas dispostas em formato de pinheirinho. Tanto verde e vermelho…

10

11. Quanto amarelo e vermelho.

11

12. A sobremesa também tem que estar no clima natalino. Desde um saboroso cupcake bem decorado…

12

13. Até um delicado sorvete estrelado.

13

14. E para encerrar a noite encantando a todos, crianças e adultos, presenteie com docinhos em forma de personagens e símbolos de Natal.

14

Fonte:https://www.zaffaricard.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Ceia de Natal, Decoração, Novidades

Nega maluca de liquidificador

nega_maluca_de_liquidificador_2429_600

Procurando uma receita de bolo de chocolatefácil, rápido e delicioso? Não perca esta sugestão do TudoReceitas que demora apenas 15 minutos de preparo! Temos a certeza que este bolo nega maluca de liquidificador vai entrar para a lista dos seus bolos favoritos pois é bem prático e muito gostoso! A massa fica levemente úmida e com sabor incrível de chocolate. Não deixe para amanhã esta receita de nega maluca de liquidificador: prepare hoje mesmo!

Ingredientes:

Para a massa:

  •  2 xícaras de farinha de trigo (280 gramas)
  •  1½ xícaras de açúcar (240 gramas)
  •  1 xícara de chocolate em pó
  •  1 xícara de água quente
  •  ½ xícara de óleo (120 mililitros)
  •  3 ovos
  •  1 colher de sopa de fermento em pó
  •  1 pitada de sal

Para a calda de chocolate:

  •  1 xícara de açúcar (160 gramas)
  •  ½ xícara de chocolate em pó (50%) ou cacau em pó
  •  4 colheres de sopa de leite
  •  1 colher de sopa de manteiga

Modo de preparo

Bata no liquidificador o óleo, os ovos e o sal. Numa tigela misture os ingredientes secos: a farinha, o açúcar e o chocolate em pó.

Adicione a mistura do liquidificador aos secos e mexa bem. Pouco a pouco acrescente a água quente, bata mais um pouco e, por fim, adicione o fermento em pó.

Transfira a massa deste bolo de chocolate de liquidificador nega maluca para uma forma untada e enfarinhadaLeve a assar em forno preaquecido a 180ºC por 40 minutos, ou até passar no teste do palito.

Depois de assar o bolo nega maluca de chocolate, retire e enquanto esfria prepare a cobertura de nega maluca: leve ao fogo todos os ingredientes respetivos e mexa até levantar fervura e obter uma calda espessa.

Desenforme o bolo nega maluca de liquidificador ainda morno e verta sobre ele a calda quente (a calda endurece depois de esfriar). Decore com fruta a gosto ou sirva simples assim e delicie-se!

Dica: Não use achocolatado no preparo da calda porque ela ficará doce demais.

Fonte: https://www.tudoreceitas.com/

 

Deixe um comentário

Arquivado em Bolos, Doces, Sobremesas

Bolachas de Natal

plc3a4ttchens-bolachas-de-natal-foto-daniel-zimmermann

Ingredientes

  • 6 unidades de ovo
  • 300 gramas de manteiga
  • 500 gramas de açúcar
  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento químico em pó
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 1 unidade de clara de ovo
  • 2 colheres (sobremesa) de suco de limão
  • 300 gramas de açúcar de confeiteiro

Modo de preparo

Em um recipiente, misture a farinha de trigo peneirada com o fermento em pó. Em seguida, junte o açúcar e misture.

Acrescente a manteiga em temperatura ambiente e, com as mãos, misture até formar uma farofa.

Adicione os ovos um a um, amassando até que a massa solte das mãos.

Por fim, acrescente a essência de baunilha. Enfarinhe uma superfície lisa e abra a massa no rolo. Recorte a massa e molde. Leve ao forno em temperatura média (180°C) até dourar.

Em seguida, solte a imaginação na decoração

Misture a clara com o suco de limão e aqueça, sem deixar ferver. Em seguida, coloque o conteúdo em uma vasilha e bata com o açúcar de confeiteiro. Bata até ficar firme. O glacê está pronto para você começar a decorar com toda sua imaginação!

 

Deixe um comentário

Arquivado em Biscoitos, Doces, Sobremesas

Dicas para organizar sua casa

1- Tenha um tapete em frente a porta, para que você e suas visitas criem o hábito de limpar os pés antes de entrar em casa.

tapete

2-Aposte em um porta chaves ou pendurador de chaves. Assim você sempre saberá onde estão suas chaves.

porta chave

3-Tenha um cabideiro perto da porta para pendurar casacos e capas de chuva.

cabideiro

4-Deixe um chinelo ou outro calçado ao lado da porta de entrada para que você tire o calçado que usou enquanto esteve fora assim que entrar em casa. Essa dica é interessante também para dias de chuva, para que você não entre molhando a casa inteira.

sapateiro

5-Tenha um porta guarda-chuva. Pode ser um balde também. Assim que chegar em casa após um dia de chuva, deixe seu guarda-chuva molhado ali.

porta guarda chuva

 

6- Guarde tudo que estiver seco. Após a lavagem você pode até usar o escorredor de louça, mas adote o hábito de guardar as coisas depois.

porta louça

7- Guarde frutas e legumes em uma fruteira, caso eles não precisem ficar na geladeira.

fruteiro

8- Após as refeições guarde tudo que ainda tem comida na geladeira. Você pode adotar o hábito de colocar os restos de comida em potes plásticos e então lavar pratos e panelas que foram utilizados.

geladeira

9- Organize os armários da cozinha, de forma que o que você usa com frequência fique de fácil acesso e nada ameace cair na sua cabeça cada vez que você precisar de algo.

dispensa

10- Tenha uma gaveta com divisórias para guardar garfos, facas e colheres. Separe as facas com ponta das sem ponta e as colheres de café, sobremesa e sopa. Talheres maiores podem ser guardados em outra gaveta dedicada especialmente a eles.

gaveta para talheres

11- Guarde bijuterias e joias.

porta joia

12- Tenha um espaço para guardar sua maquiagem e outros produtos de beleza e mantenha-o sempre em ordem.

pintura

13– Coloque as escovas de dente em um porta escova de dentes. O ideal é que todas tenham uma capinha de proteção das cerdas.

escovas de dentes

14-Deixe no box do banheiro apenas os shampoos e cremes que você está usando.

box de banheiro

15- Guarde produtos de limpeza do banheiro dentro do armário da pia.

produtos de limpeza

16- Limpe o fogão sempre que derramar alguma coisa. Quanto mais você demorar a limpar mais difícil fica de tirar a sujeira.

fogao

17- Limpe os quadros e outros elementos de decoração da sala com um espanador de pó ou pano levemente úmido.

sala

Fonte: https://www.msn.com/

Deixe um comentário

Arquivado em Decoração, Dicas, Informações

Arvores de Natal! Escolha a sua!

A celebração do Natal é um dos momentos mais esperados do ano já que é um momento em que se reúne a família para um jantar incrível e a realizar a troca de presentes. Para deixar essa combinação perfeita o ideal é caprichar com uma bela decoração na casa, na mesa de jantar para a ceia e também no almoço de Natal.

A árvore de Natal é um item indispensável para quem quer decorar a casa no final de ano. Por isso montá-la é uma tarefa difícil, pois todos os itens que compõem devem ser bem pensados para ter um resultado encantador.

Fonte: https://www.decorfacil.com/

Fotos retiradas d internet

Deixe um comentário

04/12/2019 · 1:25

Guirlandas para inspirar sua decoração de natal

Assim como as árvores de natal com enfeites  pendurados, a guirlanda é um item indispensável na decoração de Natal.

1. Ter uma guirlanda viva é uma ótima opção para os amantes de plantas. Esta da imagem é feita de eucaliptos e foi montada pela designer floral Tetê Castanha no suporte da Empório das Flores.

guirlanda-56recebernatal1429_4634

2. Pompom também tem tudo a ver com Natal! Que tal já ir separando materiais para montar a sua guirlanda customizada? Junte muitas bolinhas feitas de lã para que a guirlanda fique bem cheia. Fugir do tradicional verde e vermelho também vale a pena!

de lã

3.Para as pessoas que costuram e adoram colocar a sua criatividade em ação , lindas flores de tecido.

divina chita

Fonte: Revista Casa e Jardim

Deixe um comentário

Arquivado em Decoração, Dicas, Novidades

Exagerou na festa? Boldo pode ajudar na ressaca e melhorar a digestão

boldo

Chegou a temporada oficial de happy hours, festas de amigo secreto e reuniões de fim de ano. Em geral, essas comemorações são repletas de petiscos e frituras, acompanhadas de drinques alcoólicos variados. Quem nunca exagerou numa festança e ficou mal no dia seguinte, com enjoo, dor de cabeça e mal-estar geral, sintomas típicos da famosa ressaca? Pois aquele chazinho que a vovó recomendava para curar tais males pode, de fato, ajudar. O boldo é uma dessas ervas mais comuns popularmente para “curar ressaca”, assim como a carqueja. E, de fato, a ciência tem se empenhado em comprovar tais benefícios do boldo, de modo a usá-los em tratamentos auxiliares para distúrbios digestivos e hepáticos.

De sabor amargo e aroma intenso, bem herbal, o boldo possui elementos que ajudam na digestão, favorecem o bom funcionamento do fígado e, dessa forma, contribuem para ajudar a combater os sintomas da ressaca, pois ajudam o corpo a funcionar melhor e a se desintoxicar. É claro que, como tudo, é preciso moderação. Não adianta enfiar o pé na jaca e achar que uma xícara de chá de boldo vai curar tudo (ainda mais que, numa ressaca brava, muitas pessoas não toleram o sabor amargo do boldo).

Mas, se você é adepto dos auxílios caseiros para combater males corriqueiros, como a ressaca ou uma simples má digestão, o boldo está do seu lado. Existem vários tipos dessa planta e, muitas vezes, os nomes populares se confundem, dando o mesmo apelido para espécies diferentes, ainda que com propriedades similares. O mais conhecido é o boldo-do-chile (gênero Peumus), de folhas menores, com um sabor ainda amargo, mas um pouco mais delicado que aquele conhecido como “tapete-de-oxalá”, “boldo brasileiro” ou “falso-boldo” (gênero Plectranthus), este bem comum nos jardins e arbustos de rua, com folhas maiores e aveludadas. Ambos apresentam propriedades digestivas e favoráveis ao estômago e ao fígado e possuem substâncias conhecidas como alcaloides, como a boldina, aos quais são atribuídas diversas propriedades, como antioxidante, hepatoprotetora e até antibiótica.

Em geral, as infusões de boldo favorecem também a vesícula biliar, têm leve efeito diurético (ou seja, ajudam a desinchar) e também diminuem sintomas de azia, ajudando a complementar os tratamentos para quem sofre de gastrite. No caso de quem bebeu demais, o boldo ajuda a proteger as células do fígado, fazendo-o funcionar melhor e, assim, eliminar os resíduos tóxicos deixados pelo consumo excessivo de álcool.

Boldo: como usar?

Como pode ser complicado sair por aí colhendo boldo na rua, vale apostar nas folhas secas comercializadas nos supermercados, em sachês ou a granel. O modo de aplicação mais comum é fazer uma infusão com as folhas, mas há quem faça extratos alcoólicos que podem ser diluídos em água, como as populares “garrafadas”, em mistura com outras ervas. Se tiver acesso ao boldo fresco, lave muito bem as folhas e macere-as com água quente (mas, dessa forma, o resultado fica ainda mais amargo, e algumas pessoas não toleram o sabor). Prefiro deixar algumas folhas frescas no fundo da xícara e derramar água fervendo sobre elas. Mantenho-as em infusão, cobrindo a xícara com um pires, por 10 minutos. Depois disso, é só coar e beber, de preferência sem adoçar. Se tiver a erva seca, use uma colher (de chá) para cada xícara de água, deixando-a em infusão pelo mesmo tempo. Vá tomando a bebida aos poucos, mas não é necessário exagerar, bastam uma ou duas xícaras.

Porém, vale observar que alguns estudos apontam que o boldo pode ter propriedades abortivas. Por isso, se estiver grávida, vale evitar essa infusão (não por causa da ressaca, já que as gestantes devem evitar o álcool, mas por conta de eventuais enjoos e náuseas) e conversar com seu médico ou nutricionista sobre outras infusões de ervas liberadas para esse momento da vida.

Além disso, se você apresentar algum problema hepático grave ou qualquer outro distúrbio importante de saúde, sempre deve consultar um profissional em que confie antes de lançar mão de soluções caseiras. Para indivíduos saudáveis, que apenas exageraram um pouco na festa, a infusão de boldo pode ajudar o organismo a se livrar dos sintomas desagradáveis da ressaca mais rapidamente. Alimentar-se bem e tomar muita água pura também ajuda o corpo a se desintoxicar e voltar ao funcionamento normal. E, mais importante que tudo, praticar a moderação todos os dias ajuda a manter a saúde sempre em dia.

Fonte: https://menudodia.blogosfera.uol.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas

Benefícios da soja

alimentos-a-base-de-soja-tofu-shoyu-1572266001027_v2_900x506

A soja é considerada a substituta principal de carnes e derivados, por ser a leguminosa com maior teor de proteína absorvida pelo organismo. E a fama tem uma razão de ser, afinal, ela contém cerca de 40% de proteína de alta qualidade, 20% de lipídios (gorduras) ricos em ácidos graxos poli-insaturados, sendo assim isenta naturalmente de colesterol. Também é uma boa fonte de minerais, principalmente potássio, fósforo, ferro e magnésio, e de vitaminas do complexo B. Além disso, a soja é fonte de vitamina E, nutriente essencial para combater o envelhecimento precoce, por causa de sua ação antioxidante. É rica em fibras, que proporciona maior sensação de saciedade, e também estimula a função intestinal.Sem contar que a lecitina de soja é importante para a saúde do cérebro,

Combate o colesterol

O benefício mais conhecido que a soja e seus derivados proporcionam à saúde é ajudar a controlar o colesterol. Uma dieta que inclua o alimento com regularidade também auxilia no fortalecimento dos ossos, pois diminui a eliminação do cálcio na urina, bem como ajuda a aumentar a massa muscular, graças à ação da proteína de alto valor biológico. Por isso é recomendada para ser consumida por praticantes de atividade física e idosos.

Como as taxas de estrógeno no sangue reduzem muito durante o ciclo menstrual, as isoflavonas presentes na soja são indicadas para diminuir os sintomas da TPM (tensão pré-menstrual). Já no climatério, essas taxas hormonais são ainda mais reduzidas, e é nessa fase que se manifestam a sudorese, as ondas de calor, a pele seca, além de ser uma fase propícia para o desenvolvimento da osteoporose. Como as isoflavonas são estruturalmente parecidas com o estrógeno (elas ligam-se aos receptores de estrogênio das células), acabam diminuindo os sintomas da menopausa e auxiliando na prevenção da osteoporose e do câncer de mama.

Formas de consumo

Se você procura um alimento saudável, variado e prático na hora do preparo, certamente vai encontrar tudo isso na soja. Ela pode ser consumida em grãos, como o feijão, em salada e em outras preparações. Mas também há opções de produtos industrializados à base de soja que atendem às questões de conveniência, como as bebidas feitas a partir do seu extrato,

Tem ainda a farinha e as proteínas concentrada, isolada e texturizada de soja. Esta última, aliás, está entre as mais utilizadas formas de substituição à carne bovina, sendo o ingrediente principal de refogados, almôndegas, hambúrgueres e até como estrogonofe. Há ainda o queijo de soja (tofu); além dos fermentados missô, tempeh e shoyo. Tudo isso sem esquecer do óleo, ingrediente culinário que já faz parte da mesa da maioria dos brasileiros.

Fonte: https://www.uol.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Informações