Arquivo da categoria: Alimentos

Hamburguer de quinoa

quinoa

 

Rendimento: 840 gramas (7 hambúrgueres de 120gr ou 14 hambúrgueres de 60gr/porção degustação)

Ingredientes

4 berinjelas médias
1 ½ xícaras de quinoa mista (250gr)
2 cebolas pequenas em brunoise (cortadas em pedaços pequenos e regulares)
4 colheres (sopa) de azeite
Folhas de tomilho
Pitada de cúrcuma
Sal rosa himalaia
Pimenta do reino preta moída na hora

Modo de preparo

Queime as berinjelas na boca do fogão até estarem bem queimadas e bem cozidas por dentro. Coloque dentro de um bowl e abafe com papel filme até esfriar.

Abra as berinjelas ao meio e retire toda a polpa. Coloque em uma peneira para retirar o excesso de líquido. Reserve.

Coloque água para ferver em uma panela e acrescente a cúrcuma e um pouco de sal.

Acrescente a quinoa e cozinhe por 7 minutos. Escorra muito bem. Em uma panela aqueça o azeite e coloque a cebola em brunoise e as folhas de tomilho. Refogue até a cebola murchar bem e o tomilho soltar sabor. Coloque a polpa de berinjela e deixe secar um pouco. Entre a quinoa já cozida e mexa bem. Cozinhe por uns 2 minutos.

Molde os hambúrgueres com as mãos ou com ajuda de um aro e grelhe em frigideira anti aderente com um fio de azeite. Bom apetite!

Fonte:  https://gq.globo.com/

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Hamburguer, Salgados, Sanduiches

Molho holandês

 

O molho holandês — ou hollandaise, no francês — é aquele curinga da cozinha. Ele combina muito bem com peixes e carnes, é essencial no preparo dos ovos beneditinos e faz par perfeito, com batatas fritas ou vegetais salteados..

Fonte: https://www.uol.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Molhos, Salgados

Fettuccine Alfredo

O fettuccine alfredo é um dos pratos mais tradicionais da culinária italiana. Feito com queijo parmesão e manteiga, o molho incrementa a massa.

fettuccine

Ingredientes

1 colher de sopa de manteiga
1 colher de chá de alho picado
1 lata de creme de leite fresco
1 xícara (250ml) de leite
200 gramas de queijo parmesão ralado fino
Sal e pimenta a gosto
350 gramas de fettuccine fresco
30 gramas de manteiga

Roux
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de farinha de trigo

Modo de preparo

1. Em uma panela, derreta a manteiga e refogue o alho sem deixar queimar.
2. Acrescente o creme de leite, o leite e reserve.
3. Para fazer o roux, use outra panela. Derreta a manteiga e despeje bem devagar (para não empelotar) a farinha de trigo até virar um creme, deixando o creme cozinhar (isso evita o gosto de farinha crua.
4. Acrescente o molho quente ao roux, mexendo bem para dissolver por completo (isso vai encorpar seu molho).
5. Acrescente o queijo parmesão, misturando sempre até derreter por inteiro.
6. Acrescente sal e pimenta a gosto.
7. Por fim, cozinhe a massa e, quando finalizada, despeje o molho por cima. Sirva imediatamente.

Fonte: https://revistacasaejardim.globo.com/

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Almoço, Massas, Salgados

Benefícios do creme de amendoim

iStock-1051092868-724x450

O creme de amendoim pode parecer comida de criança, mas você não deve abrir mão dessa pasta saborosa que está se tornando mais comum na mesa dos brasileiros. Esse creme contém duas substâncias que impedem as elevações repentinas de glicose no sangue: proteína e gordura “boa” (insaturada). Na verdade, o Nurses’ Health Study constatou que as mulheres que ingeriam creme de amendoim ao menos 5 vezes por semana tinham uma propensão 30% menor de desenvolver diabetes.

É possível que você já tenha lido algo sobre a dieta do creme de amendoim. Loucura? Talvez não. Além de nutritivo, ele sacia, graças à excelente combinação de gordura benéfica com proteínas e fibras. Um estudo realizado pela Universidade de Purdue, nos EUA, revelou que a ingestão do creme pode retardar a sensação de fome por 2 horas a mais do que um lanche altamente calórico e com poucas fibras.

Assim como as nozes, o creme de amendoim também protege o coração. A gordura benéfica que ele contém ajuda a regular o colesterol– afinal, é o mesmo tipo de gordura encontrado no azeite de oliva. Um estudo revelou que as dietas cuja principal fonte de gorduras monoinsaturadas era o creme de amendoim forneciam quase a mesma redução do risco de desenvolver doenças cardíacas que as dietas que obtinham essas gorduras a partir do azeite de oliva.

O creme de amendoim é rico em compostos vegetais chamados esteróis, uma das principais substâncias que comprovadamente combatem o colesterol. (Na verdade, os esteróis são acrescentados a algumas margarinas que reduzem o colesterol.) Além disso, ele conta com 1 g de fibra por colher de sopa. Impossível acumular mais benefícios em um alimento que pode ser facilmente ingerido em uma simples colherada.

Atenção, porém, para a marca que você compra. Muitas adoçam o produto com xarope de milho ou açúcar – 1/2 colher de sopa para cada 2 colheres de sopa de creme. E não entendemos a razão, afinal o creme de amendoim é delicioso mesmo sem açúcar. As marcas naturais e orgânicas em geral não têm adição de açúcar e apresentam menos sódio.

Bônus para a saúde

A alta quantidade de esteróis contida no creme de amendoim ajuda não só a controlar o colesterol, como também a combater o câncer de cólon, de próstata e de mama. Ele também é uma fonte rica de resveratrol, composto antioxidante saudável para o coração e pelo qual o vinho tinto é famoso. Marcas naturais do creme contêm mais resveratrol.

Ingerir creme de amendoim (ou de nozes) diversas vezes durante a semana é uma forma comprovada de manter a pressão arterial sob controle. Além disso, ele está, ao lado das nozes e das amêndoas, entre os alimentos mais ricos em vitamina E, importante para manter o sistema imune saudável.

É verdade que o creme de amendoim ajuda na regeneração dos ossos? Sim. Ele é uma das principais fontes de boro, mineral regenerador do osso. E, por fim, segundo revelou um estudo, comer creme de amendoim e/ou nozes e amêndoas ao menos cinco vezes por semana pode ajudar a reduzir os riscos de formação de cálculos biliares.

Dica de chef

Alguns cremes de amendoim naturais precisam ser guardados na geladeira depois de abertos (verifique na embalagem). Se o óleo se separar, deixe o vidro fora da geladeira até voltar à temperatura ambiente e misture.A maioria das marcas americanas, no entanto, pode ser bem fechada e guardada no armário ou na despensa.

Cardápio mágico

1. Coma no café-da-manhã um waffle ou panqueca de grão integral com o creme.

2. Prepare um sanduíche de creme de amendoim e banana em pão integral e leve como almoço para o trabalho. Ou passe um pouco do creme na metade de uma banana e coma no lanche.

3. Para um petisco que não leva a glicose às alturas, coma biscoitos integrais ou pão árabe de trigo integral com creme de amendoim.

4. Para um lanche ainda mais pobre em carga glicêmica e que afastará a fome por um bom tempo, coma pedaços de maçã, aipo ou cenoura com creme de amendoim.

5. Seja corajoso e experimente diferentes tipos de cremes de nozes em diferentes frutas e hortaliças. Pedaços de pera com creme de amêndoas são uma combinação deliciosa.

Substituição inteligente

Em vez de geleia: passe creme de amendoim no pão ou na torrada integrais.Você consumirá mais calorias, mas também maior quantidade de proteínas, que saciam por mais tempo, e menos açúcar.

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Informações

Lasanha de abobrinha

images

Ingredientes

2 abobrinhas fatiadas no sentido do comprimento
meia colher (sopa) de óleo
300 g de carne moída
1 tablete de caldo de carne
meia xícara (chá) de molho de tomate
1 colher (chá) de açúcar
1 caixinha de creme de leite
200 g de queijo mozarela fatiada
meia xícara (chá) de queijo parmesão ralado
Modo de preparo
Em uma frigideira antiaderente, grelhe as abobrinhas e reserve.
Em uma panela média, aqueça o óleo e junte a carne moída.
Refogue até que esteja dourada.
Acrescente o molho de tomate dissolvido em meia xícara (chá) de água e o açúcar. Cozinhe por cerca de 5 minutos, desligue o fogo e acrescente o Creme de Leite.
Reserve.
Montagem
Em um refratário médio (18 x 18 cm), faça camadas alternadas de molho reservado, fatias de abobrinha e mozarela. Repita as camadas, finalizando com o molho e polvilhe o queijo parmesão ralado. Leve ao forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos ou até gratinar. Sirva.

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Almoço, Lasanha, Salgados

Salada de abobrinha com amêndoas

fabio-rocha-1-

Ingredientes

  • 4 abobrinhas italianas
  • 2 limões sicilianos
  • 300 gramas de queijo parmesão em lascas
  • Uma laranja em gomos
  • 4 colheres de sopa de lâminas de amêndoas torradas (ou castanha-do-Pará)
  • flor de sal, pimenta rosa em grãos triturados, tomate-cereja e azeite a gosto
  • folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo

  1. Lave e fatie a abobrinha em lâminas bem finas e faça rolinhos com elas, colocando-as na travessa onde pretende servir.
  2. Tempere com flor de sal, pimenta rosa triturada e esprema 1 limão siciliano (sem as sementes) sobre as abobrinhas.
  3. Salpique lascas de parmesão e os gomos de laranja e adicione as lâminas de amêndoas, folhas de hortelã, tomates-cereja e regue com azeite.

Fonte: https://gshow.globo.com/

 

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Saladas, Salgados

Caçarola de frango (galinhada)

Ingredientes

600 g de frango em pedaços médios, sem osso
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de páprica
2 sticks de Maggi Meu Segredo
1 colher (sopa) de óleo
1 cebola cortada em meia lua
meio pimentão vermelho picado
meia xícara (chá) de vinho branco
meia xícara (chá) de polpa de tomate
1 xícara (chá) de ervilhas frescas
folhas de manjericão fresco
1 xícara (chá) de arroz cru
2 abobrinhas médias cortadas em meia lua
cebolinha-verde para polvilhar
Modo de preparo

Em um recipiente, tempere o frango com o açúcar, a páprica e o MAGGI Meu Segredo e deixe tomar gosto por cerca de 10 minutos

Em uma panela grande, tipo caçarola, aqueça o óleo e adicione os pedaços de frango, dourando-os bem

Adicione a cebola e o pimentão e refogue

Junte o vinho branco e deixe evaporar

Acrescente a polpa de tomate, as ervilhas, o manjericão fresco e 3 xícaras (chá) de água fervente. Adicione o arroz, misture bem e deixe cozinhar em fogo médio, em panela semi tampada, por cerca de 20 minutos. Na metade do tempo adicione as abobrinhas, mexa delicadamente para acomoda-las e deixe terminar o cozimento. Assim que o arroz estiver macio retire do fogo, polvilhe cebolinha verde picada e sirva a seguir.

Dica:

Não deixe o arroz cozinhar demais e não permita que o líquido seque por completo. Se necessário coloque mais água fervente durante o cozimento.
– Se não quiser utilizar vinho, substitua por meia xícara (chá) de água.

Fonte: https://www.receitasnestle.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Almoço, Salgados

Farofa Natalina

receita-farofa-natalina

Ingredientes

  • 100 gramas de bacon picado
  • 1 xícara (chá) de manteiga
  • 3 unidades de cebola picada
  • 1 kg de farinha de milho em flocos
  • 1 xícara (chá) de noz picada
  • 1 1/2 xícara (chá) de uva-passa branca (hidratada)
  • 1/2 xícara (chá) de salsa ou salsinha picada
  •  sal a gosto
  •  pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, doure o bacon em sua própria gordura.

Acrescente a manteiga e a cebola.

Refogue até a cebola ficar macia e transparente, e junte a farinha de milho.

Mexa por 5 minutos e incorpore as nozes, as uvas-passas hidratadas e a pimenta-do-reino.

Cozinhe no fogo baixo, sem parar de mexer, com uma colher de pau, até a farofa ficar dourada e crocante.

Cuidado para não queimar.

Tempere com o sal e salpique a salsinha.

Dica: hidrate as uvas-passas por 5 minutos em água morna e escorra-as antes de usar.

Fonte: https://mdemulher.abril.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Acompanhamentos, Alimentos, Salgados

Receitas veganas

Nesta sexta-feira, 1º de novembro, é comemorado o Dia Mundial do Veganismo e por que não aproveitar este momento para experimentar novos preparos?

Quiche caprese vegana

quiche-caprese-vegana1

Esta quiche com creme de castanha de caju, tomate cereja confit e pesto de manjericão serve tanto de entrada como de prato principal. A farinha de grão-de-bico é uma ótima opção para salgados veganos e ainda é sem glúten, para quem tem restrições alimentares.

Ingredientes

  • 1 xícara farinha de grã-de-bico
  • 1 xícara água
  • 1/3 xícara manjericão
  • 100 gramas tomate cereja
  • 80 gramas castanha de caju ou 2/3 xícara
  • 8 colher sopa azeite de oliva ou óleo
  • 2 colher sopa polvilho azedo
  • 1 dente alho
  • sal e pimenta do reino

Modo de preparo

  1. Deixe a castanha de molho em água quente por no mínimo 45 minutos. Pré-aqueça o forno a 200 graus C. Em um recipiente, adicionar a farinha de grão-de-bico com 1/3 de água, 2 colheres de sopa de azeite e pitada de sal. Misturar até formar uma massa homogênea. Untar uma forma pequena (15cmX15cm) com azeite e dispor a massa com os dedos. Em seguida, espetar com o garfo a massa em todos os cantos. E levar ao forno por cerca de 15 minutos ou até que esteja seca.

  2. Bater no liquidificador a castanha de caju de molho peneirada com 2/3 xícara de água, sal, pimenta do reino e o polvilho azedo até formar um liquido homogêneo.

  3. Em uma panela, refogar o alho com 1 colher de sopa de azeite de oliva até dourar e adicionar o creme de castanha, mexendo sempre até ficar bem grosso.

  4. Adicionar os tomates cerejas com sal, pimenta do reino e 1/2 colher de sopa de azeite em um recipiente e levar ao micro por 3 minutos mexendo na metade do tempo. Adicionar metade dos tomates no creme de castanha. Dispor essa mistura sobre a massa da quiche, adicionando o restante dos tomates pro cima e levar ao forno por mais 10 minutos ou até dourar bem a massa.

  5. Enquanto isso, processe o manjericão com o restante do azeite de oliva e pitada de sal. Adicione por cima da quiche o pesto e desenforme quando esfriar.

    Fonte:https://veganapratica.com

    Strogonoff de shitake com palmito

    download

    A combinação de shitake e palmito promete conquistar até os estômagos carnívoros. A sugestão acompanha arroz integral e granola salgada. O molho é feito a partir de leite de aveia caseiro.

    Ingredientes

    1 xícara de aveia em flocos finos
    2 xícaras de água em temperatura ambiente
    1/4 de xícara de molho de tomate
    1 colher de sobremesa de mostarda
    300g de cogumelos Shitake
    300g de palmito
    2 colheres de sopa de azeite
    1/2 cebola picadinha
    1 dente de alho grande

    Modo de preparo

    Leite de aveia

    Deixe a aveia de molho por meia hora e então bata bem no liquidificador. Passe numa peneira e reserve.

    Pique o shitake e o palmito e reserve. Numa panela, coloque o azeite e frite a cebola, depois acrescente o alho e deixe dourar. Diminua o fogo e coloque o shitake, misture bem, tampe e deixe cozinhar por 3 minutos. Ponha o palmito e os ingredientes restantes, com exceção do leite de aveia, misture cozinhe mais uns minutinhos. Por fim, adicione o leite de aveia, misture e deixe cozinhar por mais 3 minutos.

    Fonte: http://blogdage.com.br

    Torta de limão,chocolate e coco

    Torta-sem-glúten-de-chocolate-limão-e-coco-sem-açúcar-chubby-vegan-2-794x517

    Essa torta vegana promete uma explosão de sabores! Mais precisamente os sabores do limão,chocolate e coco. O avocado deixa o recheio mais encorpado, com um resultado sem glúten e sem açúcar.

    Ingredientes da base

    • 1 xícara de chá de uva passa branca
    • 1/3 xícara de chá de suco de limão siciliano
    • 1 1/2 xícara de chá de coco seco integral sem açúcar
    • 3/4 xícara de chá de amêndoas cruas ou qualquer outra oleaginosa crua*
    • 1 pitada de sal marinho
    • Raspas de limão siciliano

     

    Ingredientes do recheio

    • 3/4 xícara de chá de chocolate vegano 50% picadinho
    • 1 avocado maduro
    • 1/2 xícara de chá de leite vegetal ou água
    • Gotinhas de suco de limão
    • Pitada de sal marinho
    • Cranberry para finalizarInstruções

      Base:

      • Deixe a uva passa de molho no suco do limão por 30 minutos.
      • Coloque o coco e a amêndoa no liquidificador ou processador e pulse algumas vezes, até obter uma farinha. Transfira para um bowl.
      • Coloque a uva passa + o suco no liquidificador e bata bem, até obter uma pastinha. Adicione no bowl e misture bem. Caso esteja muito líquido, aguarde 5 minutos para que o coco e a amêndoa absorvam a umidade.
      • Finalize com uma pitada de sal e as raspas de limão.
      • Pressione a massa em um aro ou forma de fundo removível de 17cm. Reserve.

      Recheio:

      • Derreta o chocolate em banho maria ou microondas.
      • Coloque o avocado com o leite vegetal, suco de limão, sal e extrato de baunilha no liquidificador ou processador. Bata até obter uma pasta lisa.
      • Com a máquina ainda ligada: adicione o chocolate aos poucos, para que não se formem grumos.
      • Coloque o recheio na torta e leve à geladeira por 2h.
      • Desenforme, finalize com as cranberries e sirva

       

      Fonte: https://www.acasaencantada.com.br

     

 

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Salgados, Sobremesas, Tortas

Temperos para substituir o sal nas receitas

temperos-pra-substituir-o-sal

Existem alternativas para o sal na cozinha: confira dicas de temperos para substituir o sal nas receitas e deixe seus pratos com novos sabores

Sal é o tempero básico de cozinha, mas, consumido em excesso, pode ser prejudicial à saúde. Se você quer diminuir o consumo desse ingrediente e não sabe como, confira 10 opções de temperos para substituir o sal nas suas preparações. Veja as dicas simples a seguir e surpreenda seu paladar com novos sabores!

temperos-para-substituir-o-sal

Sal de ervas

Apesar do nome, não leva sal e é extremamente saboroso! Para fazer, basta adicionar 1 colher (sopa) de manjericão, 1 colher (sopa) de orégano e 1 colher (sopa) de raspas de limão e misturar. Se as ervas forem frescas, vale processar ou misturar tudo com a ajuda de um pilão.

Sal do Himalaia (sal rosa)

Apesar de ser um tipo de sal, é mais saudável por conter uma concentração menor de sódio, uma vez que é menos refinado e é mais natural. Enquanto 1 g de sal refinado tem 400 mg de sódio, a mesma quantidade de sal do Himalaia possui 230 mg.

Alecrim

Muito aromático e de sabor intenso, o alecrim é uma erva com ação antioxidante, anti-inflamatória e antibacteriana. Vai muito bem com molhos, carnes e preparos ensopados.

Manjericão

Queridinho da culinária mediterrânea, o manjericão é muito saboroso e aromático, sendo muito usado na preparação de molhos e para acompanhar massas e carnes no geral. Além disso, ele possui ação antioxidante e anti-inflamatória, além de melhorar o circulação sanguínea.

Limão

Além do suco, o limão é um tempero perfeito para peixes e saladas. Também vai bem com frango e carne suína. Além de trazer acidez e ser refrescante na comida, o limão ajuda a melhor nosso sistema imunológico, melhora a digestão e regula a absorção de açúcares.

Pimenta

A pimenta, seja qual for, é um tempero chave da culinária brasileira. Por ser muito saborosa, pode substituir o sal em temperos de peixes, aves, carnes, saladas, sopas e por aí vai. Possui efeito termogênico, estimulando o metabolismo, é antioxidante, anti-inflamatória e auxilia na digestão e funcionamento do sistema imunológico.

Gengibre

O gengibre tem um sabor bem acentuado, que quando usado adequadamente enriquece muito o sabor da comida. Ele tem propriedades digestiva, diurética e antisséptica, além de agir como regulador da circulação geral do corpo. Pode ser usado na preparação de sopas, caldos, ensopados, carnes e também em sucos, trazendo um sabor único e aroma inconfundível.

Alho e cebola

O alho e a cebola são os melhores amigos dentro da cozinha. Por serem muito saborosos, aromáticos e versáteis, então em quase tudo que fazemos hora de cozinhar. Além disso, são antioxidantes e anti-inflamatórios, além de ajudarem na circulação sanguínea, combaterem a gripe e resfriados e favorecerem o funcionamento do sistema imunológico.

Coentro

De gosto e cheiro muito fortes, o coentro não agrada a todos, a gente sabe. No entanto, ele é uma ótima saída para preparações sem ou com pouco sal, principalmente para peixes, caldos e saladas. Rico em vitaminas A, C e B, o coentro também auxilia na digestão e no bom funcionamento do sistema nervoso.

Louro

Extremamente saboroso, o louro vai bem com carnes, ensopados, feijões e outras preparações com grãos. Com ações antioxidante, anti-inflamatória e analgésica, também auxilia na digestão, alivia dores e ajuda a regular o fluxo menstrual das mulheres.

Fonte: https://www.terra.com.br/

 

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Salgados