Arquivo da categoria: Informações

Como limpar os alimentos e a cozinha

1585860131122-Vegetais-post

Muita gente pergunta sobre a limpeza dos alimentos e da cozinha especificamente em relação ao coronavírus. Antes de falar sobre limpeza, dois esclarecimentos da Anvisa,baseados em informações da Organização Mundial da Saúde:

 

  1. Não há nenhuma evidência de que o vírus seja transmitido pelo alimento.
  2. Esse grupo de vírus não resiste ao calor do cozimento dos alimentos (em torno de 70ºC).

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária recomenda seguir as práticas de higiene de sempre. Então vamos revisar todas elas.
A regra básica da limpeza das hortaliças, no contexto da normalidade, é:
– Se vai ingerir o alimento cru e inteiro, com casca, precisa lavar e higienizar com o sanitizante de sua preferência seguindo a diluição apontada na embalagem. Exemplo: alface, tomate, morango, uva, maçã.

– Se vai comer cozido, tem que lavar (mas não precisa ser com sanitizante) para tirar a terra. A temperatura de cozimento elimina vírus, bactérias e microorganismos no geral. Exemplos: batata assada inteira, repolho, abobrinha…

– Se vai tirar a casca para comer, não precisa lavar. Exemplo: banana.

No entanto, como tudo está diferente, faz sentido ter atenção à limpeza dos alimentos (e de todo o resto das coisas) mesmo antes da ingestão. Você pode tocar numa superfície contaminada e, ao levar a mão à boca, se contaminar (não toque o rosto, não toque o rosto!). Uma informação importante sobre a resistência do vírus:
Ele sobrevive melhor em superfícies lisas, como plástico e vidro. E menos em  superfícies porosas, como papelão e cascas dos alimentos. Por isso:

– Prefira comprar alimentos a granel, fora da embalagem (e o slogan descasque mais e desembrulhe menos ganhou nova força).

– Lave as embalagens de plástico e vidro que entrarem na sua casa, com água e sabão.

Como limpar os alimentos

Verduras: destaque as folhas e lave sob água corrente. Transfira para uma tigela e deixe imerso na solução de sanitizante de sua preferência em água. Siga a diluição da embalagem (é sério. Meça como se fosse uma receita). Aguarde o tempo indicado na embalagem (em geral, 10 minutos a 15 minutos). Tire as folhas da tigela (assim as sujeirinhas ficam na água). Enxágue bem, seque bem e guarde em pote ou saco bem fechado. Aqui estão: folhas, como alface, escarola, espinafre, couve.

Caso especial – repolho e acelga: Em vez de lavar todo o maço, descarte as duas folhas mais externas. Como as folhas são muito juntinhas, é melhor lavar depois de cortado antes de usar. Se for cozinhar, corte e lave apenas com água. Se for preparar salada, corte, lave com água numa tigela e depois higienize com o sanitizante assim como as outras verduras.

Legumes: lave bem sob água corrente com uma escovinha para legumes e leve para o banho na tigela, com água e o sanitizante de sua preferência. Siga a dliuição da embalagem (é sério. Meça como se fosse uma receita). Aguarde o tempo indicado na embalagem (em geral, 10 minutos a 15 minutos). Tire os legumes da tigela, enxague bem, seque e guarde.

Casos especiais – Brócolis, couve-flor, salsão, alho-poró e erva-doce: Se lavar o maço inteiro antes de usar, eles estragam mais rápido. Apenas na hora de usar corte o maço e lave os floretes. Se fizer questão de lavar ao chegar da compra, corte, lave, branqueie e congele para não perder.

Alho e cebola: se lavar antes de utilizar, eles estragam mais rápido. Retire as cascas secas mais externas. Como são usados sem casca e quase sempre cozidos, não precisa lavar. Mas se quiser, lave apenas na hora de usar, sob água corrente.
Frutas: lave bem sob água corrente com uma escovinha para legumes e leve para o banho na tigela, com água e o sanitizante de sua preferência (cuidado apenas com as frutas mais delicadas como morango, caqui, figo e uvas, que dispensam o uso da escovinha). Siga a diluição da embalagem (é sério. Meça como se fosse uma receita). Aguarde o tempo indicado na embalagem (em geral, 10 minutos a 15 minutos). Tire as frutas da tigela, enxague bem, seque e guarde. Você também pode lavar bem com água e sabão, mas apenas aquelas de casca bem resistente – exemplos: melão, melancia inteira, abacaxi, laranja, mamão, manga, limão, mexerica, abacate e maracujá.

Caso especial – Banana: Com as bananas ainda na penca (para ficar mais fácil corte a penca em porções), passe sob água ou até lave com água e sabão/sanitizante. Mas muito cuidado para não soltar as bananas do cacho (do contrário, pode entrar sabão dentro e a banana vai passar do ponto em dois dias).

Ovos: retire da embalagem do supermercado e transfira para um porta-ovos, tigela ou pote. Armazene nas prateleiras (e não na porta) da geladeira – quanto menos oscilação de temperatura melhor. Lave os ovos sob água corrente apenas na hora de usar, seja qual for o método de preparo.

Higiene na cozinha

Pia e a bancada de trabalho: lave com água e sabão (você pode até separar uma buchinha só para isso). E quando a compra do supermercado ou da feira chegar, arrume tudo e depois lave as superfícies de trabalho com água e sabão de novo.

Bucha de lavar louça: após cada lavagem,  retire qualquer pedaço de alimento da bucha, lave com o detergente, enxague e retire bem a água. E lembre-se de trocar a bucha regularmente.

Tábua e facas: lave com água e sabão. É sempre bom reforçar que depois que você cortar carnes cruas deve lavar a faca e a tábua de novo.

Faça a higienização periódica das tábuas (seja de bambu, madeira ou polietileno): pelo menos 1 vez por mês, mergulhe a tábua já lavada na solução de água sanitária + água  (1 colher sopa para cada litro de água). A tábua deve ficar completamente imersa por 15 minutos. Depois lave com água e sabão e deixe secar bem antes de guardar. Se a tábua for de madeira ou bambu, depois de seca, você pode aplicar uma camada de óleo mineral e deixar secar novamente para evitar rachaduras. Espátulas, colheres, pinças de bambu ou madeira também devem passar pelo mesmo processo ao menos uma vez por mês.

Atenção ao celular

É inevitável o uso do celular na cozinha, seja para ver a receita, seja para contar o tempo, seja para tirar foto e postar. Mas ele é um foco de possível contaminação, portanto:

– Mantenha seu celular limpo. Siga as recomendações do fabricante – alguns modelos mais novos podem ser lavados, se desligados, com água e sabão, outros com álcool isopropílico ou pano macio com álcool 70%. Não passe álcool gel sem antes consultar as indicações do fabricante! O álcool gel tem água e pode estragar seu telefone.
– Lave as mãos com água e sabão depois de mexer no celular e antes de voltar a cozinhar.

Fonte: https://www.panelinha.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Informações

Plantas que decoram e ajudam a afastar insetos

1. Manjericão
Com duas funções, ter um pé de manjericão na sua casa vai te dar temperos frescos para cozinhar e espantar os insetos. Plante o vegetal em um vaso e coloque-o perto de portas e  janelas

Jeito divertido de cultivar ervas: em galochas! A poda das flores evita que tirem a energia do manjericão. Botas da BB Básico (Foto: Elisa Correa / Editora Globo)

2. Alecrim
O mesmo vale para o alecrim, que ajuda a repelir naturalmente os bichinhos voadores. O melhor de tudo é que é uma planta fácil de cuidar, uma vez que pede pouca água e pode viver vem em um solo seco.

sesc-paulista-horta-alecrim

3. Hortelã
Inimiga das formigas, a hortelã vai espantá-las e ainda dar sabor às suas sobremesas. Mas atenção ao cuidado: o vegetal requer um vaso exclusivo ao seu plantio uma vez que cresce horizontalmente.

Horta | O canteiro de temperos tem hortelã, manjericão, sálvia, tomilho, salsinha e até verduras, em caixas de pínus, à altura das mãos (Foto: Alexandre Pottes Macedo)
4. Lavanda

Conhecida por ajudar a acalmar os ânimos, a lavanda é ótima para manter um clima tranquilo dentro de casa. Apesar de o seu cheiro agradar a maioria dos humanos, os animais ficam longe da planta. Além disso, ela é muito fácil de cuidar e não pede por luz natural direta.

Lavanda (Foto: Thinkstock)
 

5. Calêndula
Com funções terapêuticas, a calêndula é muito indicada por seus poderes anti-inflamatórios, antissépticos e por ajudar a curar queimaduras. No quesito afastar os insetos, a flor ajuda a evitar bichinhos que rastejam, como caracóis, lesmas e vermes. Por outro lado, ela atrai bichos como abelhas, borboletas, mariposas e joaninhas.

ccdespensa77

Deixe um comentário

Arquivado em Decoração, Informações, Novidades, Plantas e folhagens

Benefícios do creme de amendoim

iStock-1051092868-724x450

O creme de amendoim pode parecer comida de criança, mas você não deve abrir mão dessa pasta saborosa que está se tornando mais comum na mesa dos brasileiros. Esse creme contém duas substâncias que impedem as elevações repentinas de glicose no sangue: proteína e gordura “boa” (insaturada). Na verdade, o Nurses’ Health Study constatou que as mulheres que ingeriam creme de amendoim ao menos 5 vezes por semana tinham uma propensão 30% menor de desenvolver diabetes.

É possível que você já tenha lido algo sobre a dieta do creme de amendoim. Loucura? Talvez não. Além de nutritivo, ele sacia, graças à excelente combinação de gordura benéfica com proteínas e fibras. Um estudo realizado pela Universidade de Purdue, nos EUA, revelou que a ingestão do creme pode retardar a sensação de fome por 2 horas a mais do que um lanche altamente calórico e com poucas fibras.

Assim como as nozes, o creme de amendoim também protege o coração. A gordura benéfica que ele contém ajuda a regular o colesterol– afinal, é o mesmo tipo de gordura encontrado no azeite de oliva. Um estudo revelou que as dietas cuja principal fonte de gorduras monoinsaturadas era o creme de amendoim forneciam quase a mesma redução do risco de desenvolver doenças cardíacas que as dietas que obtinham essas gorduras a partir do azeite de oliva.

O creme de amendoim é rico em compostos vegetais chamados esteróis, uma das principais substâncias que comprovadamente combatem o colesterol. (Na verdade, os esteróis são acrescentados a algumas margarinas que reduzem o colesterol.) Além disso, ele conta com 1 g de fibra por colher de sopa. Impossível acumular mais benefícios em um alimento que pode ser facilmente ingerido em uma simples colherada.

Atenção, porém, para a marca que você compra. Muitas adoçam o produto com xarope de milho ou açúcar – 1/2 colher de sopa para cada 2 colheres de sopa de creme. E não entendemos a razão, afinal o creme de amendoim é delicioso mesmo sem açúcar. As marcas naturais e orgânicas em geral não têm adição de açúcar e apresentam menos sódio.

Bônus para a saúde

A alta quantidade de esteróis contida no creme de amendoim ajuda não só a controlar o colesterol, como também a combater o câncer de cólon, de próstata e de mama. Ele também é uma fonte rica de resveratrol, composto antioxidante saudável para o coração e pelo qual o vinho tinto é famoso. Marcas naturais do creme contêm mais resveratrol.

Ingerir creme de amendoim (ou de nozes) diversas vezes durante a semana é uma forma comprovada de manter a pressão arterial sob controle. Além disso, ele está, ao lado das nozes e das amêndoas, entre os alimentos mais ricos em vitamina E, importante para manter o sistema imune saudável.

É verdade que o creme de amendoim ajuda na regeneração dos ossos? Sim. Ele é uma das principais fontes de boro, mineral regenerador do osso. E, por fim, segundo revelou um estudo, comer creme de amendoim e/ou nozes e amêndoas ao menos cinco vezes por semana pode ajudar a reduzir os riscos de formação de cálculos biliares.

Dica de chef

Alguns cremes de amendoim naturais precisam ser guardados na geladeira depois de abertos (verifique na embalagem). Se o óleo se separar, deixe o vidro fora da geladeira até voltar à temperatura ambiente e misture.A maioria das marcas americanas, no entanto, pode ser bem fechada e guardada no armário ou na despensa.

Cardápio mágico

1. Coma no café-da-manhã um waffle ou panqueca de grão integral com o creme.

2. Prepare um sanduíche de creme de amendoim e banana em pão integral e leve como almoço para o trabalho. Ou passe um pouco do creme na metade de uma banana e coma no lanche.

3. Para um petisco que não leva a glicose às alturas, coma biscoitos integrais ou pão árabe de trigo integral com creme de amendoim.

4. Para um lanche ainda mais pobre em carga glicêmica e que afastará a fome por um bom tempo, coma pedaços de maçã, aipo ou cenoura com creme de amendoim.

5. Seja corajoso e experimente diferentes tipos de cremes de nozes em diferentes frutas e hortaliças. Pedaços de pera com creme de amêndoas são uma combinação deliciosa.

Substituição inteligente

Em vez de geleia: passe creme de amendoim no pão ou na torrada integrais.Você consumirá mais calorias, mas também maior quantidade de proteínas, que saciam por mais tempo, e menos açúcar.

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Informações

Dicas para organizar sua casa

1- Tenha um tapete em frente a porta, para que você e suas visitas criem o hábito de limpar os pés antes de entrar em casa.

tapete

2-Aposte em um porta chaves ou pendurador de chaves. Assim você sempre saberá onde estão suas chaves.

porta chave

3-Tenha um cabideiro perto da porta para pendurar casacos e capas de chuva.

cabideiro

4-Deixe um chinelo ou outro calçado ao lado da porta de entrada para que você tire o calçado que usou enquanto esteve fora assim que entrar em casa. Essa dica é interessante também para dias de chuva, para que você não entre molhando a casa inteira.

sapateiro

5-Tenha um porta guarda-chuva. Pode ser um balde também. Assim que chegar em casa após um dia de chuva, deixe seu guarda-chuva molhado ali.

porta guarda chuva

 

6- Guarde tudo que estiver seco. Após a lavagem você pode até usar o escorredor de louça, mas adote o hábito de guardar as coisas depois.

porta louça

7- Guarde frutas e legumes em uma fruteira, caso eles não precisem ficar na geladeira.

fruteiro

8- Após as refeições guarde tudo que ainda tem comida na geladeira. Você pode adotar o hábito de colocar os restos de comida em potes plásticos e então lavar pratos e panelas que foram utilizados.

geladeira

9- Organize os armários da cozinha, de forma que o que você usa com frequência fique de fácil acesso e nada ameace cair na sua cabeça cada vez que você precisar de algo.

dispensa

10- Tenha uma gaveta com divisórias para guardar garfos, facas e colheres. Separe as facas com ponta das sem ponta e as colheres de café, sobremesa e sopa. Talheres maiores podem ser guardados em outra gaveta dedicada especialmente a eles.

gaveta para talheres

11- Guarde bijuterias e joias.

porta joia

12- Tenha um espaço para guardar sua maquiagem e outros produtos de beleza e mantenha-o sempre em ordem.

pintura

13– Coloque as escovas de dente em um porta escova de dentes. O ideal é que todas tenham uma capinha de proteção das cerdas.

escovas de dentes

14-Deixe no box do banheiro apenas os shampoos e cremes que você está usando.

box de banheiro

15- Guarde produtos de limpeza do banheiro dentro do armário da pia.

produtos de limpeza

16- Limpe o fogão sempre que derramar alguma coisa. Quanto mais você demorar a limpar mais difícil fica de tirar a sujeira.

fogao

17- Limpe os quadros e outros elementos de decoração da sala com um espanador de pó ou pano levemente úmido.

sala

Fonte: https://www.msn.com/

Deixe um comentário

Arquivado em Decoração, Dicas, Informações

Benefícios da soja

alimentos-a-base-de-soja-tofu-shoyu-1572266001027_v2_900x506

A soja é considerada a substituta principal de carnes e derivados, por ser a leguminosa com maior teor de proteína absorvida pelo organismo. E a fama tem uma razão de ser, afinal, ela contém cerca de 40% de proteína de alta qualidade, 20% de lipídios (gorduras) ricos em ácidos graxos poli-insaturados, sendo assim isenta naturalmente de colesterol. Também é uma boa fonte de minerais, principalmente potássio, fósforo, ferro e magnésio, e de vitaminas do complexo B. Além disso, a soja é fonte de vitamina E, nutriente essencial para combater o envelhecimento precoce, por causa de sua ação antioxidante. É rica em fibras, que proporciona maior sensação de saciedade, e também estimula a função intestinal.Sem contar que a lecitina de soja é importante para a saúde do cérebro,

Combate o colesterol

O benefício mais conhecido que a soja e seus derivados proporcionam à saúde é ajudar a controlar o colesterol. Uma dieta que inclua o alimento com regularidade também auxilia no fortalecimento dos ossos, pois diminui a eliminação do cálcio na urina, bem como ajuda a aumentar a massa muscular, graças à ação da proteína de alto valor biológico. Por isso é recomendada para ser consumida por praticantes de atividade física e idosos.

Como as taxas de estrógeno no sangue reduzem muito durante o ciclo menstrual, as isoflavonas presentes na soja são indicadas para diminuir os sintomas da TPM (tensão pré-menstrual). Já no climatério, essas taxas hormonais são ainda mais reduzidas, e é nessa fase que se manifestam a sudorese, as ondas de calor, a pele seca, além de ser uma fase propícia para o desenvolvimento da osteoporose. Como as isoflavonas são estruturalmente parecidas com o estrógeno (elas ligam-se aos receptores de estrogênio das células), acabam diminuindo os sintomas da menopausa e auxiliando na prevenção da osteoporose e do câncer de mama.

Formas de consumo

Se você procura um alimento saudável, variado e prático na hora do preparo, certamente vai encontrar tudo isso na soja. Ela pode ser consumida em grãos, como o feijão, em salada e em outras preparações. Mas também há opções de produtos industrializados à base de soja que atendem às questões de conveniência, como as bebidas feitas a partir do seu extrato,

Tem ainda a farinha e as proteínas concentrada, isolada e texturizada de soja. Esta última, aliás, está entre as mais utilizadas formas de substituição à carne bovina, sendo o ingrediente principal de refogados, almôndegas, hambúrgueres e até como estrogonofe. Há ainda o queijo de soja (tofu); além dos fermentados missô, tempeh e shoyo. Tudo isso sem esquecer do óleo, ingrediente culinário que já faz parte da mesa da maioria dos brasileiros.

Fonte: https://www.uol.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Informações

Restaurantes de culinária específica em Porto Alegre

Às vezes é preciso sair da rotina. Nessas horas, conhecer um restaurante elegante ou comer um prato totalmente diferente pode fazer a diferença. Prepare-se para viver experiências únicas.

Koh Pee Pee

restaurantes-porto-alegre-16

O melhor da culinária tailandesa se apresenta na capital gaúcha. O Koh Pee Pee, que já foi agraciado com diferentes prêmios de excelência, oferece um cardápio com dezenas de variedades dos pratos mais populares da Tailândia. A decoração oriental do local também não deixa a desejar. Um regalo aos olhos e aos sentidos.

Localização: Rua Schiller, 83 – Moinhos de Vento.

Peppo Cucina

restaurantes-porto-alegre-17

Criado por um casal apaixonado pela Itália e seus sabores, o Peppo conta com um encontro da gastronomia italiana com toques do mundo contemporâneo. Tudo é preparado de forma artesanal, em pratos que valorizam o verdadeiro sabor dos alimentos. Além dos tradicionais risotos e massas, há molhos super diferentes e carnes de caça.

Localização: Rua Dona Laura, 161 – Moinhos de Vento.

Coco Bambu

restaurantes-porto-alegre-18

Surgidos no Nordeste do Brasil, os restaurantes Coco Bambu encantam pela excelência do cardápio, pelos pratos bem servidos e pelos ambientes elegantes. A especialidade da casa é a culinária com frutos do mar. Não deixe de experimentar o Camarão Mediterrâneo: camarões refogados com alho e cebola, servidos sobre cremoso arroz com manjericão e molho branco.

Localização: Avenida João Wallig, 1800 – Passo d’Areia.

Taishi Sushi Lounge

restaurantes-porto-alegre-19

Um local que oferece comida de qualidade e pensa na preservação do meio ambiente merece alguma atenção, não é mesmo? O Taishi, especializado na cozinha oriental japonesa, agrada por suas iguarias e também pela gestão ecológica, presente em toda a parte arquitetônica do estabelecimento.

Localização: Praça Japão, 108-186 – Boa Vista.

Hashi Art Cuisine

restaurantes-porto-alegre-20

Já eleito como Melhor Restaurante Contemporâneo pelo guia Veja, o Hashi é o local onde a gastronomia encontra o bom gosto. O cardápio do chef Carlos Kristensen oferece uma verdadeira experiência para os sentidos. É possível escolher entre o Menu Degustação, com cerca de 8 criações exclusivas do chef, e o Experiência do Cardápio, com pequenas porções de 6 pratos.

Localização: atualmente o Hashi passa por reforma e abrirá em breve em novo endereço.

Fonte:https://www.viajali.com.br

 

Deixe um comentário

Arquivado em Almoço/Janta, Dicas, Informações, Restaurantes

Cozinha branca já era!

6 cores tendência em 2020 para armário da cozinha

Cozinha menta

Depois do millenial pink, o menta é a nova cor pastel que vai pegar. Segundo o site de tendências WGSN, é uma cor que traz positividade e otimismo. É uma cor neutra em gênero, mas com ar fresco e conectado à natureza. Use nos armários da cozinha e combine com piso de madeira acolhedor.

cozinha_menta

Cozinha Amarelo

Esta cor está reinando no mundo da decoração depois da ascensão no universo da moda. É chamada a cor da geração Z (dos nascidos entre 1990 e 2000). É perfeita para dar um ar clássico à cozinha, mesclando com outros estilos, como tijolinhos brancos e piso retrô.

cozinha_amarela

Cozinha azul petróleo

Este tom de azul dá boas sensações e pode ser facilmente combinado não só com outros azuis como com tons de verde. Também cai bem com móveis e materiais artesanais e com madeira e tons de mel.

cozinha_azul

Cozinha Cinza cogumelo

Está aí uma cor que vai deixar os amantes dos tons neutros enlouquecidos. Atemporal, este tom de cinza com marrom estará no topo das tendências em 2020. Pode ser combinado com detalhes em diversas cores, até lilás. Essa cozinha clássica mostra a diferença que ele faz nos gabinetes. Mesmo com quase nada em seu entorno.

cozinha_cinza

Cozinha azul turquesa

O novo azul turquesa da Pantone chama-se na verdade Purist Blue e já chegou com tudo. Ao mesmo tempo, suave e vibrante, vai levantar sua cozinha em um instante. Fica ótimo nas paredes e combinando com gabinetes verdes, como nesta cozinha retrô e moderna.

cozinha_azul2 (1)

Fonte -https://decorstyle.ig.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Decoração, Informações

Sabor dos temperos

papel-parede-painel-adesivo-cozinha-tempero-diversos-01-D_NQ_NP_727416-MLB26263260397_102017-F

Açafrão– corante amarelo alaranjado para temperar e colorir arroz,risotos,paellas, usado também para acentuar o sabor de molhos e pães.

Curry– muito usado em pretos orientais. Serve também  para temperar frango, camarão e carne.

Coentro– indispensável nos pratos a base de peixes, camarões e frutos do mar em geral.

Cominho– seus grãos perfumam pães,queijos, salsichas e molhos.Um pouco de cominho corta o cheiro da cebola.

Erva doce– semente usada par pães,bolos,broas de fubá, biscoitos.

Gengibre- em pó, serve para bolos, biscoitos, pudins e pratos orientais.

Hortelã– não pode faltar no quibe, carne de carneiro, saladas, licores e doces.

Louro- usado em vinha-d’alhos, molhos, verduras, ensopados e conservas.

Manjericão– no preparo de peixes e crustáceos, carnes, saladas e legumes.Muito usado com tomates.

Manjerona– substitui o orégano. Excelente para tempero de carnes, aves, peixes e sopas.

Mostarda– em grãos é utilizada no preparo de piles, carnes em conservas. Em pó, usa-se em grande  variedade de pratos, dando-lhes sabor picante.

Noz moscada– tem sabor picante e adocicado. Perfeita para pudim de pão, pratos doces e salgados, bebidas quentes.

Orégano– indispensável para pizzas e outros pratos italianos, molhos, bifes, churrascos,legumes, etc…

Páprica– pó vermelho,doce e picante, para molhos e temperos de aves e peixes.

Pimenta do reinobranca para pratos claros e preta em vinha-d’alhos.

Fonte: Revista Criativa 1984

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Informações, Midia, Novidades

Benefícios do vinagre

AADGg2y

Quando o assunto é economizar, as receitas caseiras são mais do que aliadas: elas podem certamente salvar quem está em apuros. Seja por conta de uma mancha no carpete ou o ralo entupido, os benefícios do vinagre para esse tipo de situação são muitos.

Alguns dos ingredientes utilizados nas receitas são simples e facilmente encontrados em casa. O bicarbonato de sódio, por exemplo, é um componente versátil e muito utilizado tanto na cozinha quanto para resolver problemas simples, desde eliminar odores até mesmo desentupir ralos. Somado ao vinagre, torna-se um componente muito útil, resultando em uma solução potente que pode acabar com muitos problemas como os citados abaixo.

Os vinagres utilizados na maioria das receitas variam entre o branco e o de maçã, mas, essencialmente, não há diferença. Experimente utilizar os dois ou o que estiver à mão. Os benefícios do vinagre nesse caso são muitos para os dois tipos. Além disso, separamos também algumas dicas específicas para lavar roupa com vinagre que você vai adorar.

Confira abaixo os principais benefícios do vinagre para a sua casa

teclado

1-Tire a poeira de computadores e outros aparelhos

O computador, a impressora e outros equipamentos de escritório vão funcionar melhor se foram mantidos limpos e sem poeira. Antes de começar a limpeza, assegure-se de que o equipamento esteja desligado. Então, num balde pequeno, misture vinagre branco e água em partes iguais. Umedeça um pano limpo com a solução — jamais use borrifador, pois não é conveniente que o líquido atinja os circuitos internos — e, depois de torcê-la ao máximo, inicie a limpeza. mantenha alguns cotonetes à mão para retirar a sujeira de reentrâncias e locais mais estreitos (como em torno das teclas do computador)

colar

2-Aplique no cromo e no aço inoxidável

Para limpar os objetos cromados e de aço inoxidável de dentro de casa, aplique uma camada leve de vinagre branco puro com um borrifador. Esfregue com uma flanela para dar brilho.

ralo

3-Desentupa e desodorize os ralos

canetas
6-Apague marcas de canetas esferográficas 

O jovem artista acaba de decorar a parede pintada da casa com um original feito a caneta esferográfica? Não perca a calma. Em vez disso, passe uma esponja ou pano umedecido com vinagre branco puro na “obra-prima”. Repita a operação até as marcas sumirem. Depois, saia e compre uma boa tela para a criança pintar.

adesivos

7-Descole adesivos, decalques e etiquetas

Para remover adesivos ou decalques afixados nas paredes ou nos móveis pintados, simplesmente sature os cantos e as laterais do adesivo ou do decalque com vinagre branco puro para retirá-lo. Raspe com cuidado. Remova qualquer resíduo com mais vinagre. Aguarde 1 ou 2 minutos e, depois, passe um pano limpo. Isso também serve para remover etiquetas de preços e outros adesivos colados em vidro, plástico ou outras superfícies.

closet

8-Revigore um closet bolorento

“Isto não está me cheirando bem…” Se estiver falando do seu closet, faça o seguinte: primeiro, esvazie-o, depois, passe nas paredes, no teto e no chão um pano umedecido com uma solução de 1 xícara de vinagre e outra de amônia e 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio em 4 litros de água. Mantenha o closet aberto e deixe o interior secar bem antes de recolocar as roupas e outros objetos no lugar.  Se o cheiro de mofo persistir, coloque dentro do closet um pequeno recipiente com areia sanitária. Substitua a areia regularmente até o odor desaparecer.

tapetes

9-Restaure os tapetes

Se os tapetes ou carpetes estiverem com aparência gasta e encardida de tanto uso ou pelo excesso de brincadeiras das crianças com blocos, caminhõezinhos e outras coisas desse tipo, dê-lhes nova vida esfregando-os com uma vassoura de pelos limpa mergulhada numa solução de 1 xícara de vinagre branco em 4 litros de água. A trama vai tomar ares novos, e nem é preciso enxaguar a solução.

gordura

10-Acabe com as manchas de gordura

Elimine as manchas de gordura da bancada ou da mesa da cozinha passando um pano umedecido numa solução de vinagre branco e água em partes iguais. Além de remover as manchas de gordura, o vinagre neutraliza os odores existentes (quer dizer, depois que seu próprio aroma tiver evaporado).

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Informações, Novidades, Sem categoria

A importância do ferro e onde encontrá-lo

shutterstock_399901789

Presente no prato do cotidiano brasileiro, o feijão é uma das fontes mais conhecidas de ferro, um mineral substancial para o funcionamento do organismo que, quando em falta, pode levar à anemia e a disfunções do sistema imunológico. “Estudos nos levam a pensar que tanto a sobrecarga quanto a deficiência de ferro resultam em mudanças prejudiciais na resposta imune, isso porque o ferro é essencial ao crescimento de micro-organismos, mas também constitui proteínas necessárias para a destruição de subtâncias infecciosas”, aponta a nutricionista Muriely Verdin.

Dentre as funções do mineral, também estão o transporte de oxigênio, síntese de DNA, produção de energia, a formação do sangue e o desenvolvimento neurológico em embriões. Além do feijão, outras fontes do nutriente são carne vermelha, principalmente vísceras, como fígado e miúdos; carne de aves e de suínos, mariscos, peixes, folhas de cor verde escura e legumes.

Porém existem algumas diferenças entre as fontes animais e vegetais. O ferro que vem das carnes, também chamado de ferro heme, é absorvido cerca de duas a três vezes mais do que o mineral vegetal, chamado de inorgânico ou não heme. Nos alimentos de origem animal, de 30% a 70% do ferro é heme. Ele é encarregado das principais funções do nutriente, como a formação das células sanguíneas. “Porém, é importante lembrar que tanto o ferro heme e não heme obtidos por meio do alimento podem virar ferro heme dentro do nosso organismo, pois após a absorção ambos seguem o mesmo trajeto metabólico”, afirma a nutricionista.

Mas mesmo que não seja assimilado com tanta eficiência quanto o ferro heme, a versão inorgânica também oferece vantagens. “O ferro não heme é a forma que mais consumimos. Ele é encontrado em diferentes concentrações em todos os alimentos de origem vegetal”, aponta o nutricinista Lucas Oliveira.

A grande diferença é que o processo de transformação do mineral oriundo dos legumes confere a redução da fórmula do ferro inorgânico, enquanto o tipo heme é absorvido intacto, o que leva a uma maior absorção – de 20 a 30% da quantidade presente no alimento. “A absorção do ferro presente na dieta é influenciada pela quantidade, pela forma química do ferro presente, pelo consumo na mesma refeição de alimentos contendo fatores facilitadores ou inibidores da absorção do ferro, além do estado de saúde e estado nutricional de ferro do indivíduo”, aponta Lucas.

Mas antes de dizer que vegetarianos devem passar a comer carne devido ao alto fornecimento do ferro em produtos animais, existem nutrientes que colaboram para o processo de absorção. Em primeiro lugar, o bom funcionamento do aparelho digestivo é o principal fator. Também é possível combinar alimentos ricos no mineral para aumentar a proporção assimilada pelo intestino. “A vitamina C, presente em frutas cítricas como o limão, laranja, acerola e caju, e a proteína animal são os nutrientes que mais aumentam a absorção de ferro não heme, em aproximadamente quatro vezes”, afirma Muriely. Outros nutrientes que também otimizam a captação do ferro são vitamina A e beta caroteno, presentes em alimentos como manga, cenoura, abóbora, espinafre e ovos. Ainda mais, as ferramentas culinárias também podem colaborar. Pode parecer crença da vovó, mas estudos comprovam que cozinhar em panela de ferro pode oferecer maiores concentrações do nutriente ao corpo. Essa descoberta é antiga, uma vez que uma pesquisa publicada periódico científico Journal of Food Science atestou a máxima em 1991.

Fonte: revistacasaejardim.globo.com

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Informações