Arquivo da tag: regras de etiqueta

Regras da boa visita para não fazer feio na casa dos outros

visitas

Gente!!!

Estamos no verão e com ele várias visitas em casa de praia, de campo e na cidade mesmo. Para recebermos estes hóspedes ou mesmo sermos um deles precisamos respeitar algumas regras. Até porque podemos correr o risco de não sermos mais recebidos ou não recebermos mais ninguém .

Seguem algumas:

1-O bom hóspede deve perguntar antes de comprar a passagem sobre a disponibilidade para o período e deve sair na data combinada. O anfitrião também pode estipular esta data, como: “venha passar um fim de semana”. Ficar esticando a estadia não é legal. E o ideal são três dias, no máximo.

2-Pergunte se precisa levar algo. Cabe ao anfitrião preparar a casa para receber, mas, se ele não tiver toalhas ou roupa de cama suficientes, pode falar numa boa para o hóspede trazê-las. Para as mulheres, um cuidado a mais com a maquiagem. Ninguém merece deixar a toalha borrada na casa dos outros.

3-Cada casa é um caso. Em geral, o anfitrião gosta de comprar quitetutes para receber bem e agradar o hóspede. Mas é de bom tom sempre perguntar antes de ir como será o esquema: se precisa levar algo ou se farão compras depois. Caso o anfitrião diga que não precise nada, insistir pode ficar chato. Neste caso, se tiver condições, pagar um jantar aos donos da casa, ou até algo simples como comprar o pão do dia, é gentil.

4-Levar algo para o dono da casa é sempre agradável. Não precisa ser nada caro. Pode ser um vinho, um azeite, algo regional ou até mesmo um doce gostoso que você faça. Vale muito mais a delicadeza do que o valor do presente.

5-Parece óbvio, mas muitas pessoas querem dormir até meio-dia como se tivessem num hotel. Tudo bem dormir um pouquinho a mais, mas entre no ritmo dos donos da casa. E também não fique andando de toalha ou pijama pela casa. Isso pode causar situações desconfortáveis.

6-Quando hospedado, vale também se atentar para deixar o quarto e banheiro que está usando em ordem. Arrumar a cama e as toalhas são atitudes básicas. Seja gentil com os empregados do seu anfitrião. E, se o dono não tem empregados, se ofereça para ajudar a lavar a louça e recolher o lixo, pelo menos

7-Acidentes podem acontecer, mas, se quebrou algo ou perdeu as chaves, conserte ou se ofereça para ajudar, inclusive financeiramente, na solução. Se for algo que já estava com problemas, provavelmente, o anfitrião dirá que não precisa, mas ao menos você foi educado e honesto.

8-Levar mais alguém sem avisar, nem pensar. Se tiver muita intimidade com o dono da casa e souber o tamanho no espaço, pode até pedir, mas antes. E leve alguém que seja uma companhia agradável. O bom senso é o melhor guia nestas situações, pois agregar na casa alheia pode ser muito inconveniente.

Fonte:oglobo.globo.com

                     SEJA O HÓSPEDE QUE VOCÊ GOSTARIA DE TER. 

                                           BOAS FÉRIAS!!!

OBS. As minhas estão maravilhosas aqui em Salvador!!Na casa da mana!

ferias

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Informações

1o regras básicas de etiqueta

Quando chega o momento de arrumar a mesa, você sabe onde deve ficar a faca? E o guardanapo? Devo colocar música? Posso colocar o prato direto na mesa? Estas são dúvidas básicas recorrentes e solucioná-las faz toda a diferença na hora de preparar uma recepção aos amigos e família. O mesmo acontece quando você é convidado para o evento e fica com receio de agir de determinada forma. Pensando nisso, Casa e Comida selecionou dicas do livro Décor Tables, da Sandra Fóz, para facilitar a sua vida e fazer com que você possa aproveitar sem medo.

americano

1“Minha mobília é tão linda, nem precisa de toalha”. Precisa, sim! Por mais bacana que o móvel seja, nunca coloque o prato diretamente sobre a mesa. Aposte no serviço americano, sousplats ou na tradicional toalha.

2 Se estiver na casa de outra pessoa, observe sempre os anfitriões. Na hora de sentar à mesa, é elegante esperar que eles se sentem antes de se acomodar. O mesmo acontece no momento de começar a comer. A menos que insistam, espere o dono da casa dar a primeira garfada.

3 Vai bebericar o seu drinque no meio da refeição? Não se esqueça de limpar a boca com guardanapo antes. Isso evita as marcas de gordura que ficam na borda do copo.

menu

É essencial apresentar o menu que será servido ao convidado – se for com criatividade, melhor ainda.

Você já decidiu qual louça usar, mas como organizá-las na mesa? A regra é simples: copos ligeiramente à direita, garfos à esquerda, facas à direita e guardanapo à esquerda, ao lado dos garfos. Tudo isso é pensado para a praticidade do convidado.

Para as bebidinhas, sempre deve haver três taças. A maior é para água, a média para vinho tinto e a menor para vinho branco. Vai servir cerveja? Pode adicionar um copo ou caneca na lista.

lugar-marcado

Para não acontecer nenhuma situação embaraçosa, a sugestão é fazer o placement (distribuição) dos convidados por meio de cartõezinhos com o nome da pessoa no lugar que ela deve se sentar. Nesse caso, também dá para abusar da criatividade. Casa e Comida tem várias ideias, quer ver?

8 Nos cumprimentos iniciais, é indispensável que o anfitrião apresente os convidados uns aos outros para que todos se sintam à vontade.

Música é sempre um plus no ambiente, porém, deve-se tomar cuidado com o volume. Aposte em músicas de fundo tranquilas e delicadas e escolha uma altura que não interfira a conversa dos convidados.

balde-de-gelo

10 O gelo para as bebidas não pode acabar. Confira se a quantidade que você possui é suficiente e distribua em baldes próprios para a função. A dica da foto é colocar flores dentro de alguns cubinhos para, além de útil, servir como decoração.

Fonte: Décor Tables, da Sandra Fóz (Ed. Magu, 2015)

Deixe um comentário

Arquivado em Decoração, Dicas